Agetran encerra Maio Amarelo com ação de sensibilização na Rua 14 de Julho

IMG_20190531_084804665_HDR

Campo Grande, 31/05/2019 às 11:21

Com música, alegria e descontração, a dupla Amarelinha e Vida, acompanhada de sua equipe, percorreu hoje de manhã as lojas da Rua 14 de Julho para sensibilizar clientes, lojistas e quem passava pela região, com relação ao Maio Amarelo, Movimento Internacional que visa envolver o poder público e a sociedade em geral na diminuição dos acidentes de trânsito.

De porta em porta, o grupo da Agência Municipal de Trânsito (Agetran) e Reviva Campo Grande, conversou com cada cidadão sobre a campanha “No trânsito, o sentido é a vida”, e a importância de voltar são e salvo para casa, respeitando as leis de trânsito, cuidando da segurança de todos, seja motorista, motociclista ou pedestre. O taxista Adeir Souza aprovou a iniciativa. “Acho que é muito importante, porque por mais que as pessoas dirijam, tenham carro, já fizeram auto-escola, elas não se comportam como deveriam realmente. Acham que a regra que aprenderam foi só para tirar a carteira de motorista, e não é só isso, tem que colocar em prática tudo que aprendeu”. Jéssica Domingos, gerente de vendas, afirma que sempre vê motorista fazendo coisa errada. “Isso (a ação) é muito bom para conscientizar mais. A gente vê muita imprudência e tem que ter respeito, né”.

Dono de um salão de cabeleireiro na 14 de Julho, José da Silva elogiou a abordagem da equipe da Agetran. “Ótimo, excelente, faz a gente abrir os olhos para uma situação que muita gente não quer ver. Se ninguém faz nada, o trânsito vira um caos”. A opinião é compartilhada pelo cliente, o arquiteto Gilson Gracioso. “Tem que fazer mesmo, tem que acontecer, porque eu dirijo todo o dia e vejo que está muito perigoso, ninguém respeita, não dá sinal. As pessoas têm que ter consciência”.

Além da abordagem, foram distribuídos brindes em alusão à campanha, como porta-moedas, squeezes e canetas. Os funcionários da obra de requalificação da Rua 14 de Julho também foram sensibilizados. A ação faz parte do Plano de Implementação do Programa de Educação Ambiental, previsto no Reviva Campo Grande.

“A pressa hoje em Campo Grande é nosso principal fator de risco, a alta velocidade. As pessoas excedem a velocidade, quer atender o celular para tentar ganhar tempo, avanço em sinal vermelho, tudo isso é pressa. Então, vamos desacelerar, sair mais cedo de casa e lembrem-se: o maior cuida do menor no trânsito. Nosso propósito é que o campo-grandense consiga exercer plenamente toda a sua capacidade produtiva, afetiva e que possa viver por muitos e muitos anos”, finaliza a coordenadora de educação para o trânsito da Agetran, Ivanise Rotta.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/