No aniversário de Manoel de Barros, estátua enfeita jardim aberto na Avenida Afonso Pena

IMG_1004

Campo Grande, 19/12/2017 às 10:38

Na data em que o poeta mais expoente de Mato Grosso do Sul – Manoel de Barros – completaria 101 anos, uma estátua em sua homenagem foi instalada no canteiro central da Avenida Afonso Pena, entre as ruas Rui Barbosa e Pedro Celestino. Em um lindo jardim a céu aberto, Manoel de Barros eternizará sua imagem, junto a sua obra, trazendo beleza e luz para a arquitetura da cidade.

O projeto de requalificação urbanística de Campo Grande foi elaborado pela Prefeitura de Campo Grande, por meio da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano. Já a obra de arte que foi disponibilizada pelo Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por intermédio da Secretaria de Estado de Cultura e Cidadania, em parceria com o Serviço Social do Comércio (Sesc) é de autoria do artista plástico Ique Woitschach.

Para o prefeito Marquinhos Trad a homenagem mais que merecida veio provar a importância da obra do artista. “Realiza um ato de verdadeira justiça, que a demonstração inequívoca de uma cidade que se lembra de seus filhos, e homenageias aqueles que merecem ser homenageados. Aqui, na extensão do quintal de Manoel de Barros ficará a poesia, ficará a saudade, ficará aquilo que os campo-grandenses sempre preservaram: a história de seus filhos”, disse.

O governador do Estado Reinaldo Azambuja também edificou o significado de Manoel de Barros para todos. “Poeta que realmente encantou o Mato Grosso do Sul, o Brasil e o mudo. Quem não gostaria de ter isso aqui no seu quintal e este é o quintal do povo sul-mato-grossense”, disse.

IMG_0892

Com 1,38m, e 400 kg de bronze, Manoel de Barros foi esculpido em uma réplica do sofá de sua casa. A escultura em tamanho real apresenta algumas características marcantes, rica em detalhes, desde o sorriso cativante do poeta aos seus trajes simples, as pernas cruzadas, o tênis surrado, ao lado de caramujos e do ninho de pomba, com os quais dialogava e se inspirava entre imagens, lembranças e metáforas.

O artista plástico Ique Woitschach disse que ter realizado a obra foi um prêmio para ele. “Como campo-grandense é um orgulho muito grande poder ter realizado este trabalho. Essa obra é uma realização pessoal e profissional e traz e traz um novo desafio para mim. Fazer o poeta sentado no sofá de sua casa no meio da rua é humanizar e trazer o ambiente que era só dele para esse povo que já gosta da poesia. Tenho certeza que o local será muito visitado não só por ser um ponto turístico, mas porque é o Manoel todo o dia, aguardando cada um de seus fãs para que sente ao lado dele, converse com ele, sinta os passarinhos que ele vai chamar e sinta a árvore que ele virou”, afirmou.

Propam

Durante a solenidade de entrega da estátua, foi assinado o convênio com a empresa C.S. da Cunha e Cia Ltda – ME (Churracaria Zitão), pela adesão ao Programa de Parceira Municipal (Propam).

O Programa de Parceira Municipal, criado pela Prefeitura Municipal de Campo Grande e coordenado pela Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano, tem por objetivo conservar e revitalizar área públicas do município de Campo Grande.

Por meio da parceria público-privada praças, parques, canteiros e rotatórias são mantidos e revitalizados pelas empresas parceiras.

Atualmente, dos 105 espaços públicos existentes, 69 já foram adotados por 70 empresas parceiras.

O prefeito Marquinhos Trad falou da importância do Propam. “Como nós estamos fazendo em toda a administração, ninguém governa sozinho. Nós não temos condições de limpar todas as praças da cidade. Então nos oferecemos a parceria a publica-privada, o Propam”, explicou.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/