Campanha de Mobilização Solidária encerra com 36 mil quilos de alimentos arrecadados e oferta de mil vagas de trabalho

Campo Grande, 28/05/2021 às 16:47

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Gestão (Seges), encerrou nessa quinta-feira (27) a campanha de Mobilização Solidária que durante os meses de março, abril e maio de 2021, conseguiu arrecadar aproximadamente 36 mil quilos de alimentos e 14 mil peças de agasalhos. Os itens foram entregues ao Fundo de Apoio à Comunidade (FAC) para serem repassados a pelo menos três mil famílias que vivem em situação de vulnerabilidade social.

O encerramento da ação foi marcado ainda pelo sorteio dos cupons preenchidos pelos participantes ao entregarem sua contribuição nos postos de arrecadação. Foram oferecidos  1 notebook, 1 vale compras no valor de R$ 2.500 e 1 vale compras no valor de R$ 1.000. A iniciativa contou com o patrocínio e apoio das Instituições Selecon, Sicoob, Rede de supermercados Comper e do Fort Atacadista.

A campanha que nasceu de forma singela, a princípio só envolvendo servidores públicos municipais e, com o objetivo de levar um pouco mais de alento e conforto às famílias em situação de vulnerabilidade, através da arrecadação de alimentos e agasalhos, em pouco menos de dois meses, com início no dia 24 de março, ganhou muitos adeptos e importantes parcerias, tanto públicas quanto privadas.

Na entrega dos alimentos ao FAC, que aconteceu no estacionamento do Paço Municipal, o prefeito Marquinhos Trad pontuou a generosidade da população e ressaltou que sem o empenho e dedicação conjunta nada disso seria possível. “Essa campanha foi muito maior que um ato de mobilização. Ajudar e ser solidário nunca é demais nesse mundo terreno”.

Para a primeira-dama e presidente do comitê gestor do FAC Tatiana Trad, o momento é de agradecimento. Em seu discurso ela destacou o quanto estas doações serão bem-vindas ao Fundo de Apoio à Comunidade e destacou a mudança de vida de muitas famílias a partir do gesto solidário da sociedade, que participou dessa campanha. “O trabalho do FAC é mudar a realidade de pessoas e famílias que acham que não são percebidas e, assim, fazê-las acreditar que existe uma oportunidade dentro da nossa cidade para elas”.

Geração de emprego

O evento também foi palco para a assinatura do Termo de Geração de Empregos entre a Prefeitura Municipal de Campo Grande e o Grupo Pereira, que fundado em 1962 hoje é referência nacional no segmento de supermercados de varejo e atacadista.

De acordo com o presidente do Grupo Pereira, Beto Pereira, em consonância com a missão da empresa e fortalecendo os pilares de responsabilidade social que possuem, mil vagas de empregos serão oferecidas para a população campo-grandense, no intuito de trazer esperança para muitos que hoje buscam uma oportunidade e dignidade.

“Somos parte da comunidade e integrantes da cidade. Nós empresários temos que gerar empregos e a prefeitura nos dá condições de crescer e prosperar. As pessoas precisam de oportunidade e nós de pessoas comprometidas para fazer parte do nosso time. Assim todos ganham”, afirmou Pereira.

Agenor Mattiello, secretário municipal de Gestão (Seges), enalteceu a iniciativa do Grupo Pereira e reforçou a importância da geração de novos empregos na capital, principalmente durante esse período de pandemia da Covid-19 que afeta o mundo todo. “Essa ação foi gestada a partir da parceria que fortalecemos durante a campanha Mobilização Solidária. É incrível observar como uma boa ação leva a outras. A resolução do problema emergencial, de colocar comida na mesa de milhares de famílias através das doações, já seria motivo para comemorarmos. Agora, pensar que mil pessoas, ou seja, outras mil famílias, terão a chance de receber uma renda por meio de salário mensal digno e benefícios da contratação, faz crescer a minha esperança de dias melhores para a população da nossa capital”, concluiu.