Portal da Transparência da Prefeitura de Campo Grande é o primeiro do país a aderir ao VLibras Widget

VLibras(1)

Campo Grande, 20/09/2019 às 15:34

Com o objetivo de tornar as informações públicas ainda mais acessíveis à todos os cidadãos, a Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência (CGM) em parceria com a Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (AGETEC), implementou ao Portal da Transparência do Município a ferramenta VLibras Widget.

A plataforma passou por uma atualização, a nova versão do VLibras utilizada pela Prefeitura de Campo Grande, traduz de forma automática os conteúdos, não sendo mais necessário que o usuário acesse o site e baixe a plataforma em seu computador ou dispositivo móvel.

O secretário da CGM, Luiz Afonso de Freitas Gonçalves destacou que o projeto é inovador e de grande importância para o Município, tornando possível o acesso aos dados abertos da Prefeitura às pessoas com deficiência auditiva.

“Campo Grande é a primeira capital a disponibilizar acesso à nova plataforma VLibras na versão Widget. Poucas cidades no país oferecem esse tipo de serviço, por isso é necessário incentivar os órgãos do Poder Público a aderirem a ferramenta que só gera benefícios”, ressalta Luiz Afonso.

O VLibras é resultado de uma parceria entre o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MP), por meio da Secretaria de Tecnologia da Informação (STI) e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB).

O projeto consiste em um conjunto de ferramentas computacionais de código aberto, responsável por traduzir conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para a Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, tornando computadores, dispositivos móveis e plataformas Web acessíveis para pessoas surdas.

O diretor-presidente da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação, Paulo Fernando Cardoso ressaltou as funcionalidades do projeto.

“Tecnologia tem tudo a ver com inclusão, o Portal da Transparência que já tinha a nota máxima, agora também é nota dez em acessibilidade. A migração da ferramenta para o site da Prefeitura é o próximo passo”

Segundo o coordenador-geral da transparência do Município, Arley Sandim, a ideia de aderir a plataforma surgiu após a 29ª Reunião Técnica do Conselho Nacional de Controle Interno (CONACI), que aconteceu em novembro de 2018 na Capital.

“Após a apresentação de um case de sucesso utilizando a ferramenta, sentimos a necessidade de investir no projeto para tornar o Portal ainda mais transparente e acessível à população”, destaca.

Desde então, foram realizadas várias reuniões com os técnicos da AGETEC, e também com o professor da Universidade Federal da Paraíba, responsável pelo desenvolvimento da plataforma, Tiago Marit Ugulino de Araújo.

“Foram dez meses de estudo e discussão para encontrarmos a melhor forma de oferecer conteúdo às pessoas surdas, tornando o Portal da Transparência uma página acessível e inclusiva”, finaliza o coordenador-geral.

Ao acessar o site do Portal da Transparência, o usuário encontra a ferramenta no canto superior direito da página. Clicando no ícone “Acessível em Libras”, o cidadão seleciona o texto que deseja ter acesso e aguarda a tradução para a Língua Brasileira de Sinais.

Além de permitir que o usuário pause ou continue a tradução em qualquer instante da animação, aumentando ou reduzindo a velocidade, há também a seleção de região que possibilita a escolha de um dicionário específico de sinalizações.

 

Objetivos de Desenvolvimento Sustentável

A ação atende o objetivo 9 do compromisso feito pela Prefeitura de Campo Grande com a Organização das Nações Unidas, por meio dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável. Ele tem como metas a inovação da infraestrutura – Construir infraestrutura resiliente, promover a industrialização inclusiva e sustentável, e fomentar a inovação.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/