Prefeitura realiza sorteio de 272 casas populares na Capital

Veja a matéria sobre o sorteio que contemplou 272 famílias em Campo Grande

Uma noite de realização de sonhos e alegria para centenas de famílias campo-grandenses. Foi com essa energia que a Prefeitura Municipal de Campo Grande realizou o sorteio de 272 apartamentos do Residencial Jardim Canguru na noite desta quarta-feira (29) na Praça do Rádio contemplando dezenas famílias que agora terão a chance de dizer que “tem uma casa própria”.

Dona Edilene Batista da Silva, primeira sorteada da noite, garante que é o momento mais importante de sua vida e agora já faz planos com a nova morada. “Eu não tenho palavras para agradecer o que estão fazendo por mim e minha família, agora eu tenho um lar, tenho dignidade e posso dizer que tenho onde morar. Obrigada a todos que fizeram desta noite, ser a noite mais feliz da minha vida, agora vou decorar a minha casa toda”, disse Edilene.

sorteio-entrevista

Mariana Santoro, 24 anos não conteve a emoção por ver seu nome entre as 272 famílias que realizaram o sonho da casa própria. “Eu estou chorando de alegria, pela primeira vez na minha vida eu posso ter orgulho de mim e mostrar isso aos meus familiares. Graça de Deus estou aqui e vou ter a casinha que tanto sonhei um dia, só tenho a agradecer essa vitória de hoje”, destacou Mariana.

Como chefe do Executivo Municipal, o prefeito de Campo Grande Alcides Bernal (PP) destacou a realização do sorteio das casas na Praça do Rádio como um dia histórico para a população da nossa Capital. “É um dia que ficará marcado no coração de centenas de famílias que precisam, que lutaram para um dia ter uma residência, um lugarzinho para chamar de seu. Hoje estamos fazendo história com justiça, são imóveis que foram construídos para atender mulheres responsáveis pela família, idosos, pessoas portadoras de necessidades especiais contemplando todos que realmente precisam. Isso é demonstrar respeito e compromisso com a nossa gente, esse é o nosso trabalho”, frisou Bernal.

sorteio-obra

Os apartamentos têm 48,46 m2 com sala/cozinha, dois quartos, banheiro e área de serviço. São 272 apartamentos divididos em 17 blocos, sendo que 17 unidades são adaptadas para pessoas com necessidades especiais. Os apartamentos são entregues com pinturas externa e interna, pisos de cerâmica e azulejos na cozinha, banheiro e tanque. Dentro do condomínio tem guarita, playground e quadra poliesportiva.

A obra foi orçada em R$ 17,7 milhões, onde o Governo Federal entrou com o valor de R$ 16,3 milhões e a Prefeitura deu uma contrapartida de pouco mais de R$ 854 mil, além de incentivos fiscais e o Governo do Estado participou com R$ 561 mil.