Semed realiza ação inclusiva na matrícula e atende com triagem aos pais de alunos especiais

Campo Grande, 03/01/2020 às 15:14

Pais de alunos da educação especial da Rede Municipal de Ensino – Reme estão tendo dentro da Secretaria Municipal de Educação (Semed) um atendimento inclusivo para o procedimento de matrículas de seus filhos. A ação tem como propósito ajudar através de agendamentos prévios, os pais e responsáveis de crianças que possuem alguma deficiência, para a designação dos alunos nas unidades escolares.

O procedimento reconhecido positivamente pelos pais é uma ação direta e especializada do setor responsável pelo atendimento de alunos especiais da Rede Municipal de Ensino, a Divisão de Educação Especial (DEE) da Secretaria Municipal de Educação.

A ação teve início ontem (2) para os alunos especiais e a intenção é levar para os pais toda a orientação de como funciona o trâmite para ingressar na Rede Municipal. Os familiares estão sendo ouvidos durante esse primeiro contato e orientados quanto a matrícula, escolha da unidade de ensino e o acompanhamento realizado pela DEE/SEMED, aos alunos público alvo da educação especial.

Os atendimentos dentro da Secretaria de Educação são para: Transtorno do Espectro Autista – TEA, Síndrome de Down, deficiente físico e intelectual, Deficiência múltipla, surdo, deficiência auditiva, Paralisia cerebral, baixa visão e cegueira.

A chefe da Divisão de Educação Especial da Semed, Lizabete Lucca explica a importância de estar realizando essa ação. Ela destaca que o setor sempre busca estar junto da família para melhorar o atendimento.

“É importante para as famílias conhecerem nosso trabalho, entender como a Rede Municipal trabalha e todo o processo, conscientizar as famílias que estamos sempre buscando o melhor para o aluno, sempre em prol do aluno. Isso é para que o pai, que sempre que tiver uma dúvida, nos procure e consiga resolver todas as questões. Somos parceiros da família e queremos trabalhar bem próximos da família”.

A DEE fechou o ano letivo de 2019 com o atendimento de 2.548 alunos especiais e a expectativa para o ano letivo de 2020 é atender dentro da Rede Municipal mais de 2600 alunos. A chefe da Divisão, Lizabete explicou que no decorrer do ano letivo as crianças passam por avaliação dos técnicos e posteriormente são examinadas e depois são laudadas.

Atualmente, a Divisão de Educação Especial possui 60 técnicos. São 30 técnicos atuando diretamente nas unidades de ensino e 30 técnicos atuando dentro da Secretaria de Educação, que dão suporte para os que estão dentro das escolas. Os apoios nas unidades, AEI (Assistente Educacional Inclusivo) e de APE (Auxiliar Pedagógico Especializado) e interprete para LIBRAS (Língua Brasileira de Sinais), somam quase 1.000 profissionais.

Elogios

O trabalho que vem sendo realizado por esta Divisão desde o início da atual gestão de Campo Grande vem rendendo elogios dos pais que foram convocados e estão recebendo orientações de técnicos especializados na área da educação. Esse é o caso de Luana da Silva Freitas, dona de casa, que realizou o procedimento de matrícula para sua filha de quatro anos, Ludmila Pereira da Silva Freitas, pela primeira vez na Reme. Ela falou do atendimento do setor de Educação Especial e de Matrículas da Secretaria de Educação.

“O atendimento da Semed foi excelente, mais do que eu imaginava, superou minhas expectativas. Eu escolhi a unidade escolar da Coronel Antonino. É uma escola onde eu estudei na minha infância e eu sei que hoje ela está até mais adequada. Eu espero que minha filha se desenvolva, porque ela vai ser uma criança que vai ser autossuficiente porque o autismo dela é bem leve. A escola vai ajudar e isso vai ser melhor ainda”.

Neiva de Miranda, fisioterapeuta, mãe de João Pedro Henrico, 9, com TEA, conseguiu colocar seu filho para estudar o mais próximo de sua residência, na Escola Municipal João Evangelista. Em anos anteriores o estudante já era do quadro da Rede Municipal, da Escola Municipal Eulália Neto Lessa. Para Neiva, o atendimento é bem capacitado.

“O atendimento da educação especial da Semed foi muito bom e bastante interessante porque se busca saber realmente quem é o cliente. Foi um atendimento maravilhoso que eu só tenho a agradecer. A estruturação da Rede Municipal em relação as pessoas especiais contribui muito porque os profissionais são capacitados e têm um lado humanizado muito grande.

Capacitação

Antes do período de início do ano letivo, a Divisão de Educação Especial estará realizando, do dia 27 a 31 de janeiro, a capacitação de todos os apoios, AEI, APE e intérpretes. Os servidores estarão fazendo as capacitações por polos (região).

Logos após a realização dos polos, nos dias 30 e 31 terá uma reunião com todos os técnicos da Semed para receberem uma formação. A ideia é que todos os profissionais estejam capacitados para atenderem os alunos. Durante o ano letivo, os servidores terão outras capacitações para preparar o público alvo da educação especial.

A Divisão de Educação Especial está sob responsabilidade da Superintendência de Políticas Educacionais (Suped). Este tipo de trabalho na Secretaria de Educação iniciou no ano passado e neste ano letivo de 2019 a DEE intensificou o atendimento, colocando mais técnicos especializados para o atendimento ao público.