Programas de formações da Rede Municipal de Ensino atendem 7 mil profissionais

Campo Grande, 07/08/2018 às 14:49

Com o objetivo de proporcionar momentos de estudos e reflexões sobre o trabalho docente e contribuir com o processo de ensino e aprendizagem, a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Superintendência de Gestão das Políticas Educacionais retomou, nesta terça-feira (7), o programa de formação continuada voltado aos profissionais da Rede Municipal de Ensino (Reme).

Reformulado e com o nome de Espaços Formativos Reflexões Pedagógicas: diálogos entre a teoria e a prática, os grupos de estudo prosseguem até o dia 14, envolvendo 7 mil  profissionais que atuam nas escolas da Reme. Os profissionais dos Ceinfs serão contemplados em uma segunda fase do programa.

_DSC7113De acordo com o superintendente de Políticas da Educação, Waldir Leonel, as mudanças do programa consistem em colocar a formação por opção. O novo formato consiste em o professor poder escolher qual curso deseja fazer.

“Antes os cursos eram somente nas escolas, ao qual eram chamados de polos e agora é realizado em vários locais na cidade. O novo formato é de um grande seminário, onde são exibidas as reflexões com propostas diferenciadas, colocando os cursos para os professores ficarem a vontade para sua escolha”, afirmou o superintendente.

Neste novo formato, as unidades escolares têm autonomia para oferecerem sua própria formação, dessa forma, os professores podem decidir se querem realizar a formação na própria unidade ou em outro local. Ao todo são oferecidos aos professores da Rede Municipal 53 opções de cursos.

As formações serão desenvolvidas com os docentes da Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio e Educação de Jovens e Adultos, com a equipe pedagógica, coordenadores de projetos de tecnologias, profissionais que atuam nas bibliotecas e da Educação Especial.

Aperfeiçoamento

Para a professora da escola Etalívio Pereira Martins, Priscila Oliveira os cursos proporcionam troca de experiências e a oportunidade de ampliar o conhecimento. Entre as novidades desta edição das formações está a Oficina Proacolher– Formação de português como língua estrangeira’. O curso é direcionado aos profissionais da Reme que atendem direta ou indiretamente migrantes ou filhos de migrantes ou qualquer tipo de público que precisa se comunicar utilizando a Língua Portuguesa como língua estrangeira. .

_DSC7103“Eu não conhecia nada sobre o tema, por isso para mim é tudo novo e está sendo de grande valia, porque estou tendo acesso a conteúdos novos. O curso oferece uma preparação para atender essas pessoas, facilitando a comunicação”, disse Priscila.

A professora de Educação Física, Suzi Nascimento Brito, da escola Antonio Lopes Lins, que atende mais de 100 alunos, também participou da formação. O curso escolhido por ela foi “Marcas e representações do mundo pelo desenho’. Ela acredita que a formação irá complementar suas aulas e elevar sua profissionalização.

“Na Educação Infantil a gente trabalha bastante com a criatividade e imaginação, tudo através do desenho. O curso oferece várias informações sobre o dia a dia com as crianças e como interpretar suas manifestações artísticas”, destacou.

Para inteirar-se de toda a programação, composta de 53 temáticas nas diferentes áreas do conhecimento, os interessados precisam acessar o endereço: https://sites.google.com/view/semed-formacoes.