Profissionais da Reme discutem desafios da Educação Infantil em seminário

20190611_145530(1)

Campo Grande, 12/06/2019 às 08:19

Professores diretores e coordenadores das Escolas da Rede Municipal de Ensino (REME), participaram na tarde desta terça-feira (11), no campus da no Anfiteatro I Multiuso da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), do 1º Seminário “O Projeto Político Pedagógico na Educação Infantil: o grande desafio para os Gestores Escolares”.

O encontro teve em seu objetivo debater e aprofundar o conhecimento das funções desses profissionais no contexto escolar. A iniciativa teve participação de representantes das Escolas Municipais de Educação Infantil EMEIs  e também de acadêmicos de Pedagogia da  Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS).

O seminário faz parte do projeto de extensão da UFMS, coordenado pela professora Aureotilde Monteiro, mestra em Educação. O evento tem parceria entre Prefeitura e UFMS.

A realização da ação foi realizada por meio da Secretaria Municipal de Gestão e o evento promovido pela Escola de Governo de Campo Grande (Egov), sendo coordenado pela Gerência de Educação a Distância.

Relevância

A coordenadora pedagógica da escola municipal Wilson Taveira Rosalino, Marlete Correia, que possui sobre sua responsabilidade 350 alunos, comentou sobre a relevância da formação.

“É de fundamental importância porque da um norte para o nosso trabalho. Nós estamos inseridos agora com toda a reforma da BNCC e a educação infantil está ganhando uma nova roupagem, uma nova voz. Reformular e discutir o novo Projeto Político Pedagógico (PPP), que é o documento que norteia o trabalho dos professores em sala de aula é primordial para atender a realidade do aluno e comunidade escolar”, disse.

A coordenadora pedagógica da EMEI Flora Brites de Eugênio, localizada no bairro Moreninha ll, Priscila Souza Piol, falou sobre a necessidade de debater o PPP. Sua unidade atende 220 crianças de 0 a 4 anos.

“O assunto pautado é o que norteia todo o trabalho que vai ser desenvolvido pelos coordenadores. É de extrema utilidade repensar esse documento, que é o coração da escola, ainda mais a partir de uma gestão democrática, considerando a voz de toda a comunidade escolar”, frisou.

A professora adjunta da UFMS, Aureotide Monteiro, comentou sobre a importância do assunto. Para a professora o evento é um momento onde todos os profissionais podem debater ideias.

“Esse tema é significativo para o professor, principalmente para os coordenadores e gestores da educação infantil que agora têm uma nova proposta. Esse é um início de um processo que pode estar contribuindo para uma proposta de trabalho”, afirmou.

O encontro contou ainda com as palestras Professora-Mestra em Educação, Terezinha Pereira Braz e a Professora-Doutora em Filosofia e História da Educação, Maria Angélica Cardoso.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/