Procon Municipal acompanha preços divulgados na Black Friday em estabelecimentos de Campo Grande

Campo Grande, 23/11/2021 às 15:05

O Procon Municipal de Campo Grande está monitorando, desde o dia 5 de outubro, os preços divulgados por sete lojas virtuais (Amazon, Americanas, Casas Bahia, Gazin, Havan, Extra e Magazine Luiza), de 360 modelos de 14 produtos eletrônicos e eletrodomésticos.

Dos produtos pesquisados, 37% tiveram uma alta no preço, porcentagem que variou de 1% a 36%. E 28% tiveram uma baixa no preço, ou seja, um desconto que foi de -1% a -52%. A maior variação de alta foi no site da Casas Bahia, 36% no produto “Máquina de Lavar Inverter 10,2kg Philco PLR10B Branca 127V”, o preço de R$ 2.375,99 (do dia 05 a 07/10) subiu para R$ 3.224,00 no dia 03/11. A segunda maior variação foi de 35% nas Lojas Americanas, com o “Ventilador de Mesa 30cm Arno VEF3 Super Force – 127V”, o preço foi de R$ 136,60 (05 a 07/10) para R$ 183,99 (03/11).

A maior variação negativa foi na Havan, -52% no produto “Fone de Ouvido Sony MDR-EX15lp – Preto”, o preço de R$ 59,99 (13 a 14/10) caiu para R$ 29,00 (04/11).

As mesmas lojas, com exceção da Amazon, foram monitoradas fisicamente na capital. O acompanhamento foi de 178 modelos de 14 produtos eletrônicos e eletrodomésticos. A supervisão foi realizada nos dias 14, 27 e 28 de outubro, e 01 e 03 de novembro. Foram registradas 37 variações; 21% dos produtos pesquisados tiveram alta ou queda no preço.

A alta contemplou 57% dos produtos, que oscilou de 2% a 63% e a redução considerou 43% dos produtos com oscilação entre -1% a -23%. A maior variação da alta foi de 63% no “Ventilador Arno 40cm”, no Hipermercado Extra, o preço era de R$ 159,50 (28/10) e subiu para R$ 259,90 (03/11). Outro produto que aumentou o preço em 41% foi a “Air Fryer fritadeira Mondial”, também no Hipermercado Extra, no dia 28/10 o preço era de R$ 369,90 e passou para R$ 519,90 no dia 03/11.

Quanto a redução, a maior variação foi de -23% no “Forno elétrico 46LT Philco modelo KTPFG48P”, na loja Casas Bahia, o preço foi caiu de R$ 649,00 (14/10) para R$ 449,00 (27/10).

O Procon Campo Grande lembra a existência de vários sites que podem ajudar o consumidor a monitorar os preços na Black Friday. O órgão reforça a importância de pesquisar a reputação das lojas e identificar os temas mais populares das redes sociais. Alguns deles são: blackfriday.com.br (site oficial do evento no Brasil, onde a cada hora é exibido para os consumidores um relatório com os valores dos produtos monitorados, feito pela Precifica, empresa especializada em precificação); Econo Via (especializada em eletrônicos); Zoom (possui o histórico de preços antes da Black Friday); Buscapé (são disponibilizados gráficos com a variação dos preços, além de avaliações dos consumidores); Cupo Nation (traz ofertas e cupons de desconto); Black Friday Monitor (monitora o comportamento dos consumidores nas redes sociais, utilizando palavras mencionadas, marcas e termos mais citados); e Baixou Agora (capaz de comparar os preços de um mesmo produto pesquisado).

Neste sentido, o subsecretário do Procon Municipal de Campo Grande, Cleiton Thiago, lembra os consumidores que “de acordo com o Código de Defesa do Consumidor (CDC), em compras feitas fora do estabelecimento, o consumidor terá 7 (sete) dias para ‘se arrepender’ e pedir o cancelamento da compra, o prazo se inicia a partir do recebimento do produto.. Produtos expostos nas vitrines devem estar com o preço à vista, quando a prazo mostrar o valor total, número de parcelas, taxa de juros ao mês e ao ano. Oriento também os consumidores a pesquisar antes de comprar, podendo encontrar promoções e descontos nos estabelecimentos, e que acompanhe frequentemente as pesquisas que postamos em nosso site www.campogrande.ms.gov.br/procon/”.

 

Assessoria do Procon Campo Grande