Prefeitura lança nesta quinta Campanha Agosto Alaranjado 2021

Campo Grande, 28/07/2021 às 11:08

A Prefeitura de Campo Grande, lança nesta quinta-feira (29), às 19h, a Campanha “Diga Não às Queimadas Urbanas – Agosto Alaranjado 2021”, promovida pelo Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos de Campo Grande (COMIF).

O lançamento da Campanha será realizado virtualmente no canal “Educação Ambiental Planurb CG”, no Youtube, e contará com três palestras: “Apresentação sobre o Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos”, ministrada pela representante da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), no COMIF, Eng. Brenda Queiroz. “Ações de combate, prevenção e manejo do fogo no Município de Campo Grande”, ministrada pelo Ten. Cel. Waldemir Moreira Júnior, da Secretaria de Estado de Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (SEMAGRO); e, “Os impactos das queimadas na saúde”, ministrada pela Prof. Dra. Sandra de Souza Hacon, da Fundação Oswaldo Cruz – Rio de Janeiro (Fiocruz).

Para participar acesse: https://www.youtube.com/channel/UCJaiAC5ozFhQYli_B6zcdJA

Campanha Diga Não às Queimadas Urbanas – Agosto Alaranjado 2021

A Campanha é desenvolvida anualmente, desde 2017, com intuito de sensibilizar a população sobre os danos causados pelas queimadas ao meio ambiente, à saúde e às redes elétricas. Para a Campanha deste ano, a temática escolhida foi “Queimadas & Covid-19, Combinação Perigosa!”, e a divulgação será realizada por meio digital e de telecomunicações e, quando possível, presencialmente, seguindo todos os protocolos de biossegurança.

Conforme a integrante do Comitê – Gerente de Meio Ambiente da Planurb, Mariana Godoy – nessa edição da Campanha foi dado um olhar especial aos impactos das queimadas na saúde, a fim de contribuir para a prevenção da ocorrência e do não agravamento de doenças respiratórias, especialmente relacionadas a COVID-19, que sobrecarregam o sistema de saúde. De acordo com a Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), em 2019 o município atendeu mais de 60 mil ocorrências médicas decorrentes de problemas respiratórios e, com a Pandemia da COVID-19, esse número quase triplicou em 2020.

A Campanha busca destacar, ainda, que o uso de queimadas para limpeza de terrenos é proibido pelo Código de Polícia Administrativa do município, Lei Municipal n. 2.909, 28 de julho de 1992 e que, de acordo com a Lei Federal n. 9.605, de 12 de fevereiro de 1998, provocar incêndios em matas e florestas é considerado crime ambiental. As multas para essas infrações variam de R$ 2.478,50 a R$ 9.914,00, e podem até resultar em prisão.

Para controle do fogo o munícipe é orientado a ligar para o Corpo de Bombeiros pelo número 193, já para realizar as denúncias de queimadas em áreas urbanas, a Prefeitura Municipal disponibiliza o sistema Fala Campo Grande, pelo número de telefone 156 e pelo sítio eletrônico: http://fala.campogrande.ms.gov.br/. Ainda, quando as ocorrências forem em áreas rurais, é indicado o contato com a Polícia Militar Ambiental, por meio do telefone 190.

Sobre o Comitê

O COMIF foi instituído pelo Decreto n. 13.366, de 12 de dezembro de 2017,  com o objetivo de realizar o intercâmbio de informações e planejar ações conjuntas voltadas à prevenção de riscos e ao combate dos focos de incêndios.

É composto por 17 órgãos e entidades – Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb); Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil – Gabinete do Prefeito (COMPDEC/Gapre); Secretaria Especial de Segurança e Defesa Social (Sesdes); Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur); Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep); Secretaria Municipal de Educação (Semed); Secretaria Municipal de Saúde (Sesau); Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul; Polícia Militar Ambiental (PMA/MS); Instituto de Meio Ambiente de Mato Grosso do Sul (Imasul); Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama); Polícia Rodoviária Federal (PRF); Sindicato Rural de Campo Grande-MS; Instituição de Ensino Superior; Câmara Municipal de Campo Grande; Conselho Municipal de Meio Ambiente (CMMA); e Conselhos Regionais.