Prefeitura inicia a elaboração do Plano de Manejo da APA do Ceroula

IMG_0043

Campo Grande, 07/12/2018 às 15:34

Durante a 11º Reunião Ordinária do Conselho Gestor da Área de Proteção Ambiental da Bacia do Córrego Ceroula (APA do Ceroula), realizada na manhã desta sexta-feira (07), no Parque Estadual do Prosa, foi celebrado o anunciado do início da elaboração do Plano de Manejo da APA do Ceroula. Uma antiga reivindicação do Conselho Gestor da APA.

O secretário municipal do Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, enfatizou a importância do trabalho técnico para enfim ser realizado o Plano de Manejo “A soma de esforços das secretarias na administração pública resulta em excelentes resultados e na questão da resolução do Plano de Manejo não foi diferente. Percebo também que os trabalhos técnicos dão a oportunidade do cidadão entender melhor nossas ações, que precisam ser realizadas da forma correta e transparente para que assim os resultados sejam alcançados e reconhecidos pela sociedade.”

Para o diretor de planejamento ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano, Rodrigo Giansante, a elaboração do Plano deve ser celebrada pois há muito tempo era almejado esse trabalho “Passados 17 anos da criação da Área de Proteção Ambiental da Bacia do Córrego Ceroula hoje anunciamos que será realizado o Plano de Manejo da APA do Ceroula, um documento técnico que irá gerar um grande avanço para a o entendimento das questões ambientais, socioeconômicas, históricas e culturais que caracterizam a região”.

“A região da APA do Ceroula tem 67 mil hectares e necessita de Plano de Manejo. Precisamos oferecer caminhos, oportunidades de diálogo com os proprietários rurais da região para que ela permaneça preservada” pontuou o representante da Semadur no Conselho Gestor da APA do Ceroula e agente fiscal, Marcos Andrey.

O Calendário das Reuniões Ordinárias do Conselho Gestor foi aprovado em reunião e retornam em 2019.

Plano de Manejo

O Sistema Nacional de Unidades de Conservação (SNUC) determina que as unidades de conservação devem dispor de um Plano de Manejo e devem abranger a área da unidade de conservação, sua zona de amortecimento e os corredores ecológicos, incluindo medidas com a finalidade de promover sua integração à vida econômica e social das comunidades vizinhas.

Portanto, de acordo com o SNUC, o Plano de Manejo é o documento técnico mediante o qual, com fundamento nos objetivos gerais de uma unidade de conservação, se estabelece o seu zoneamento e as normas que devem presidir o uso da área e o manejo dos recursos naturais, inclusive a implantação das estruturas físicas necessárias à gestão da unidade.

Nesses termos, o Plano de Manejo constitui o principal instrumento de planejamento e gestão das Unidades de Conservação e tem como objetivo orientar a gestão e promover o manejo dos recursos naturais da Unidade de Conservação.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/