Prefeitura inaugura sede da coordenadoria psicossocial da Semed

Campo Grande, 26/08/2021 às 08:03

Com várias frentes de atuação para garantir atendimento psicossocial aos alunos da Rede Municipal de Ensino (REME), a Prefeitura de Campo Grande e a Secretaria Municipal de Educação (Semed), por meio da Superintendência de Gestão e Normas (Sugenor), inaugurou na tarde desta quarta-feira (25) a sede da Coordenadoria Psicossocial, localizada na Rua Hermelita Gomes de Oliveira n. 1044, no Bairro Santa Fé. A ação faz parte do calendário de atividades do aniversário de 122 anos da Capital.

O local será a sede de todo o atendimento psicológico e social da REME e vai funcionar de segunda a sexta-feira, das 7h30 às 11h e das 13h às 17h30. Uma das frentes de trabalho é a do “Programa Valorização da Vida”, que trabalha a prevenção de suicídio, automutilação, além de prestar atendimento em casos de abuso, depressão e outras doenças relacionadas.

“Nossa atuação é sempre voltada para o bem-estar dos nossos alunos e servidores. Desde quando começou o atendimento psicossocial na REME, por meio do então projeto Valorização da Vida, tivemos inúmeras situações que foram solucionadas com este cuidado que é oferecido. Então, tanto nossos servidores quanto os alunos se sentem seguros e assistidos. É de extrema importância o trabalho que é realizado”, afirmou a secretária Municipal de Educação, Elza Fernandes.

O Programa Valorização da Vida foi instituído lei municipal no dia 21 de janeiro deste ano. O texto, aprovado por unanimidade pela Câmara Municipal, foi sancionado pelo prefeito Marquinhos Trad e publicado no Diogrande. A transformação do projeto em lei garante o funcionamento permanente na Reme.

Atuando com os alunos desde agosto de 2018, e com os profissionais da educação das 104 Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis) e das 98 escolas municipais de ensino fundamental, a partir de 2020, o programa já realizou mais de 20 mil atendimentos nesse período.

Implantado, organizado e coordenado pela Semed, sob a responsabilidade da Sugenor, o objetivo é garantir o bem-estar social, fortalecer a autoestima e o desenvolvimento psicossocial, além de contribuir para resolução de conflitos cotidianos vivenciados pelas crianças e adolescentes das unidades da Reme.

“Vale lembrar que mesmo durante o período de suspensão das aulas presenciais, por conta da pandemia, os atendimentos foram mantidos de forma remota. Todos os casos de depressão e outras situações que chegaram até nós foram atendidos. É uma grande vitória inaugurar a sede da Coordenadoria Psicossocial, pois demonstra a importância de se valorizar a vida nesta gestão, que é comprometida com o bem estar dos cidadãos da nossa cidade”, explicou a superintendente da Sugenor, Alelis Izabel Gomes.

Atualmente, as psicólogas do “Valorização da Vida” atuam em todas as regiões da cidade, em unidades escolares polos. “Nós atuamos em diversos casos e quando existe necessidade, encaminhamos para a rede de saúde. O importante é que nenhum deixa de ser atendido, temos este cuidado de dar o atendimento de urgência e emergência, solucionar o problema de forma imediata e também de acompanhar”, confirmou Alelis.