Prefeitura inaugura núcleo da Escola Pública de Futebol no Bairro Campo Nobre

Campo Grande, 25/08/2021 às 08:05

Formando atletas e o bem-estar de crianças e adolescentes, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Fundação Municipal de Esporte e Lazer (Funesp), entregou um novo núcleo que recebe o projeto Escola Pública de Futebol, desta vez, no campo do Centro Comunitário do Campo Nobre.

O projeto é feito através de uma parceria com a comunidade, onde cerca de 60 meninos e meninas treinam. Com esta equipe, já somam 4 núcleos inaugurados no mês de aniversário de 122 anos da Capital, sendo 20 unidades espalhadas por todas as regiões de Campo Grande, atendendo mais de 1,5 mil crianças e adolescentes.

O prefeito Marquinhos Trad acompanhou a entrega e ressaltou a importância do acompanhamento esportivo na nova geração. “Vemos aqui crianças novas que poderão nos dar muito orgulho e quem sabe um dia ser atleta famoso. É bonito ver nossas crianças e jovens seguindo bons caminhos”.

Para o diretor-presidente da Fundação, Claudinho Serra, a expectativa é ampliar ainda mais o projeto. “Queremos que com este programa crianças e adolescentes tenham oportunidade de ter uma formação integral, que estimula a educação, sociabilidade, e inclusão social. Temos listas de espera, já que com o período pandêmico, não conseguimos atender todos para evitar lotação, mas nosso objetivo é buscar mais parcerias para aumentar o número de pessoas atendidas”, disse.

Emocionado ao falar sobre a importância do serviço entre pessoas carentes, o professor do campo, Luiz Antonio da Silva, explica que o esporte pode auxiliar no resgate social de crianças que acabam vivendo em vulnerabilidade.

“Muitas crianças, que se, porventura, não tivessem o espaço, estariam nas ruas ou correndo risco de caminhos errados. Sempre fazemos uma chamada, quando um falta, procuramos saber o motivo. Também existe a preocupação com os estudos: sempre é cobrado que em primeiro lugar estejam estudando e para continuar treinando com boas notas. Tem muitos que em casa, acredito que pelo fato dos pais terem que trabalhar, são ociosos e procuro sempre identificar e dar uma atenção especial para aqueles que possuem dificuldade em se enturmar com os colegas”, conta.

Vale destacar que o projeto atende alunos nos campos do Parque Ayrton Senna, Parque Jacques da Luz, Centro Olímpico da Vila Nasser, Parque Ecológico do Sóter, Praça Elias Gadia, Campo Pioneiro, Campo José Abrão, Praça do Jockey Club, Parque Tarsila do Amaral, Campo Sisep, Praça Amigos Vaguinho e Dalila, Praça Ramão de Souza Gomes, Praça Bonança, Campo de Futebol Rouxinóis, Associação de Moradores do Bairro Buriti, Guanandizão, Campo Nobre, Campo do Estrela do Sul, Campo do Jardim Petrópolis, Campo do Jardim Carioca, Distritos Rochedinho e Anhanduí.