Prefeitura faz plantão para auxiliar na emissão do Controle de Transporte de Resíduos por meio Eletrônico

IMG_1969[1]

Campo Grande, 08/02/2019 às 11:07

Mais de 50 transportadores de resíduos participaram de capacitação oferecida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), em parceria com a empresa que desenvolveu o sistema de monitoramento dos resíduos da construção, nesta quinta-feira (7), para demonstrar a correta operacionalização do sistema para a emissão do Controle de Transporte de Resíduos por meio Eletrônico (E-CTR) no formato eletrônico e esclarecer eventuais dúvidas.

O secretário municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana, Luís Eduardo Costa, destacou na abertura da capacitação o diálogo que a administração municipal promove com os empresários e quanto à importância da parceria para o bom andamento dos trabalhos.

“Primeiro, parabéns aos empresários presentes, cientes da necessidade desse regramento para a mudança de comportamento de toda uma cadeia, pois temos legislações a seguir e todos precisam estar unidos, para assim construirmos conjuntamente uma política pública voltada para a preservação ambiental e a correta destinação dos resíduos. Todos os profissionais que atuam na área dos resíduos devem ser valorizados, a profissionalização e reconhecimento são importantíssimos”, disse.

Ele disse ainda que a Secretaria esta à disposição do cidadão. “Estamos à disposição para o atendimento com técnicos capacitados que poderão oferecer o suporte necessário e assim otimizar o andamento dos serviços”.

O presidente da Associação Campo-grandense de Locação de Bens Móveis (Aclbm), Bruno de Brito, também ressaltou a relevância da comunicação proporcionada pela gestão municipal.

“O diálogo e conhecimento da legislação são importantes, pois auxiliam os transportadores a compreenderem e trabalharem de acordo com as normas estabelecidas. Estamos aqui para conversar sobre o que está acontecendo, demonstrar que algumas vezes aquilo que está no papel não retrata o cotidiano. Os descartes irregulares ocorrem por aqueles que não são conscientes das suas responsabilidades, falta educação ambiental e cidadania por parte da população e também de alguns empresários e isso resulta em poluição, degradação, o que não é bom para ninguém. Por isso nossa grande dificuldade hoje é a falta de conscientização ambiental”.

Crispim Júnior, sócio da empresa CSJ Sistemas, realizou a apresentação do sistema e demonstrou o quanto ele acrescenta tanto para os setores público e privado.

“Desde o ano passado estamos realizando o treinamento tanto de técnicos como dos empresários e com a publicação em janeiro do Decreto n. 13.754 voltamos para proporcionar uma reciclagem e acompanhamento da implantação. Vamos oferecer plantões para dirimir as eventuais dúvidas. E o que nos espantou de forma positiva é que em pouco tempo de implantação do E-CTR em Campo Grande, praticamente metade das caçambas existentes na cidade já estão cadastradas e georreferênciadas, isso demonstra a boa receptividade e implantação do programa”.

Para esclarecer eventuais dúvidas quanto a utilização do sistema para a emissão do E-CTR a Semadur disponibiliza o telefone (67) 4042-1323 ramal 2759.

Hoje, no Município de Campo Grande, cerca de duas mil e quinhentas caçambas já são georreferências e fiscalizadas.

Legislação                      

Decreto n. 13.754,  publicado no dia 8 de janeiro de 2019 orienta sobre as ações de Controle do Transporte de Resíduos com normas gerais para cadastramento e emissão do Controle de Transporte de Resíduos por meio Eletrônico (E-CTR). O controle será obrigatório para o transporte desses materiais.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/