Prefeitura e Famasul realizam entrega de cestas básicas para famílias da região da Vila Nasser

Campo Grande, 19/10/2021 às 08:17

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), entregou 105 cestas básicas para famílias em situação de vulnerabilidade social que vivem na região da Vila Nasser, como parte do projeto “Agro Fraterno”. A ação é desenvolvida pelo Sistema Famasul – Senar/MS e Sindicato Rural de Campo Grande.

“Ações como essa são fundamentais para que os alimentos cheguem a quem precisa”, disse o prefeito Marquinhos Trad, que participou da entrega nessa segunda-feira (18), na Escola Municipal Professor Licurgo de Oliveira Bastos. Participaram também a secretária municipal de Educação Elza Fernandes, presidente da Famasul Marcelo Bertoni e o diretor do Sindicato Rural Ronan Salgueiro.

O Movimento Agro Fraterno em Mato Grosso do Sul vai distribuir um total de 16 mil cestas básicas, totalizando 240 toneladas de alimentos, para todos os 79 municípios do estado. Para quem recebeu a cesta básica, os alimentos vão ajudar na economia doméstica. “Eu sou muito grata, pois os alimentos estão com preços altos. E com os itens básicos, como arroz, feijão, macarrão e óleo, já é uma grande ajuda para fazer a compra das outras coisas”, afirma a auxiliar de manutenção, Graciela da Silva.

Os dois filhos da dona de casa Edna Inácio, de 8 e 11 anos, estudam no local e durante o período de suspensão das aulas presenciais da Rede Municipal de Ensino, a família também recebeu o kit merenda. “Ajudou demais e agora ainda recebemos este cuidado. É muito importante, pois a pandemia piorou muito a situação. O preço de tudo subiu”, opinou.

A secretária Elza Fernandes destacou a parceria em prol daqueles que precisam. “É muito gratificante, mesmo com as dificuldades e esta pandemia, haver solidariedade. Estamos entregando alimentos para quem realmente precisa e vai fazer a diferença para cada um”.

Liderado pelo Sistema CNA/Senar, OCB e entidades ligadas ao Instituto Pensar Agro, o Agro Fraterno tem como objetivo promover uma corrente solidária, entre produtores rurais e instituições ligadas ao setor, para ajudar as famílias mais atingidas pela pandemia da Covid-19.

“Serão distribuídas 16 mil cestas em Mato Grosso do Sul, e uma grande parte veio para Campo Grande, que é o maior município do estado. Sabemos que uma cesta não vai resolver a vida de todo mundo, mas vai ajudar, principalmente após esta pandemia”, disse Marcelo Bertoni, presidente da Famasul/ Senar MS.