Prefeitura abre cadastro de vacinação contra a Covid-19 para pessoas de 50 a 54 anos com ou sem comorbidades

Campo Grande, 01/05/2021 às 15:38

A Prefeitura de Campo Grande liberou neste sábado (14) o cadastro para pessoas de 50 a 55 anos com ou sem comorbidades, no sistema de identificação prévia para vacinação contra a Covid-19. A vacinação deste público ainda não tem data para ser iniciada.

Durante o cadastro, o paciente deverá assinalar se possuí ou não alguma comorbidade listada. Se houver, é necessário inserir a cópia de um laudo ou atestado médico que comprove tal condição.  O documento deve ser apresentado no ato da vacinação.

O cadastro feito previamente facilita na identificação dos pacientes e dá mais celeridade no processo de vacinação, além de auxiliar na tomada de decisões por parte da gestão, uma vez que, através do sistema, é possível realizar um censo e definir quantas doses serão necessárias para imunizar um determinado público específico.

Atualmente, 19 perfis de públicos distintos estão liberados para cadastro no sistema, com a vacinação já iniciada:

Como se cadastrar?

O acesso é feito pelo endereço web vacina.campogrande.ms.gov.br, através de qualquer dispositivo que esteja conectado à internet. É necessário escolher o menu “primeiro acesso” e, posteriormente, selecionar o perfil indicado e clicar em continuar. A pessoas deverá preencher um formulário com dados pessoais e obrigatórios exigidos pelo Ministério da Saúde.

Antes de finalizar a identificação, a pessoa deverá enviar pelo sistema os documentos de identificação obrigatórios para a vacinação (carteira de conselho da categoria; e/ou documento com foto; e/ou documento de vínculo empregatício; dentre outros);

Finalizada a identificação, a pessoa poderá se dirigir até os locais de vacinação referenciar, e informar aos responsáveis nesses locais que já realizou a identificação pelo sistema.

Em um segundo momento e conforme a logística de distribuição das vacinas, será informado, através desse sistema, a data e o local de vacinação da pessoa já identificada, como forma de diminuir as filas e o tempo de permanência nesses locais, evitando aglomerações.

A identificação pelo sistema não é obrigatória, quem não conseguir preencher os dados online poderá se dirigir aos locais de vacinação tendo em mãos os documentos obrigatórios de identificação.