População comemora fim das enchentes e revitalização da Avenida Bandeirantes

IMG_1548 (Copy) Foto: Denilson Secreta

Campo Grande, 03/05/2019 às 08:30

A população e comerciantes da Avenida Bandeirantes comemoram a drenagem que dará o fim dos alagamentos na extensão de toda a via. A revitalização da Avenida Bandeirantes integra o projeto de mobilidade urbana e faz parte do corredor do sudoeste, ligação entre o Centro da cidade e os terminais Bandeirantes e General Osório.

No projeto, está inclusa a sinalização e sete estações de pré-embarque, orçados em R$ 8,7 milhões, bem como 4,1 km de recapeamento.

IMG_1536 (Copy)

Comerciante Rafael Alexandre

Para o comerciante de bicicletas, Rafael Alexandre, 20 anos, a revitalização da via é um anseio esperado por grande parte da população.

“Vamos ter uma via com nova aparência, toda modernizada e para nós, que trabalhamos com o comércio, vai ser muito bom”, avaliou.

Severino Casimiro da Silva, 64 anos, trabalha como taxista há mais de 40 anos na Avenida Bandeirantes. Ele vê a obra de revitalização como uma necessidade para a região.

“Esta é uma obra que deveria ser feita há muito tempo. Pela proposta viária, o trânsito vai fluir melhor. Precisamos da obra, porque quando chove a via fica alagada. Parabéns ao prefeito Marquinhos e sua equipe de trabalho”, diz Severino.

Gilberto Barbosa trabalha com o comércio de peças para motos e para ele seria inevitável a realização da obra.  “Já era hora de fazer a melhoria na pavimentação e na drenagem. Quando chove, tudo fica alagado, pois não há drenagem suficiente. Estou contente com este trabalho da Prefeitura”, disse Gilberto.

O secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, ressalta que a drenagem, além do controle de enchentes, garante maior durabilidade ao pavimento, já que terá menos enxurrada escoando pela superfície.

A empreiteira responsável pelo recapeamento da Avenida Bandeirantes efetua a segunda frente de drenagem, na Rua 2 Maio, região do Cooaphama. Ela subirá por  333,48 metros até o final da  Rua Santa Adélia, quando encontra a  Bandeirantes. Os primeiros 80 metros de drenagem já estão prontos (entre as ruas Pimenta Bueno e 26 de Agosto) e já está em execução o trecho de 150 metros de tubulação da quadra seguinte, da Rua Visconde Taunay até a Paissandu.

A etapa seguinte será entre as ruas Brilhante e Salgado Filho, numa extensão de 167 metros. Para evitar danos no asfalto novo, com abertura de valetas, a MS-Gás já iniciou a implantação de mil metros de rede (entre as avenidas Salgado Filho e Afonso Pena) e nas próximas duas semanas, a Águas Guariroba começa a trocar 700 metros de encanamento de cimento amianto por PVC, material menor suscetível a vazamentos.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/