Plantão da Prefeitura atende famílias com entregas de materiais de construção em casas danificadas no temporal

Campo Grande, 25/10/2021 às 16:56

A Prefeitura de Campo Grande, por intermédio da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Amhasf) está trabalhando há 10 dias sob regime de atendimento emergencial voltado às pessoas em situação de vulnerabilidade que tiveram suas casas danificadas pelas chuvas. Neste final de semana, 50 famílias receberam auxílio com materiais de construção.

Mais de 250 telhas de fibrocimento (3,66), além de outros materiais, foram entregues nos imóveis danificados pelas tempestades. Algumas tiveram suas moradias com danos mais graves, como destelhamento parcial das casas, outras menos severas. Porém, a Central de Atendimento foi mobilizada para enviar as equipes de vistoria dos imóveis e posterior entrega dos materiais, contabilizando mais de 100 atendimentos na Capital.

Prevenção

Diante do trabalho intenso ocorrido ao longo semana, a Central de Atendimento da Amhasf recebeu menos chamados em comparação à sexta-feira (15) da semana anterior, mesmo após a forte chuva que caiu na madrugada deste domingo (24).

Assim que os órgãos de controle divulgaram a previsão meteorológica para mais tempestades neste final de semana, Amhasf designou equipes para trabalhar em regime de plantão, inclusive com suporte noturno.

No sábado (23) pela manhã a comunidade indígena Estrela do Amanhã foi atendida com materiais de construção e demais famílias que pediram o auxílio via Central de Atendimento (3314-3900). Durante à tarde, mais famílias que integram a comunidade José Teruel, localizada no Bairro Dom Antônio Barbosa, foram atendidas. Já no domingo, o atendimento aconteceu novamente no José Teruel e também em todas as regiões da Capital.

Ontem, Kelly Cristina Dias Agostinho, moradora do Parque Novos Estados, pediu auxílio após ter a casa destelhada pela ventania. No momento desempregada, ela chegou a pedir auxílio a conhecidos, quando informaram que a Amhasf havia disponibilizado um canal de atendimento.

“Nem acreditei quando o pessoal da Prefeitura chegou aqui. Me ajudaram muito neste momento porque foi muito triste ver o vento levar todas as telhas. Agradeço de coração”, relatou Kelly.

Balanço

Até o momento, a Agência Municipal de Habitação empenhou recursos, recebeu doações e entregou mais de 850 telhas de fibrocimento, entre outros materiais. A Amhasf também já autorizou a compra de mais 1000 telhas e o processo está na fase final de conclusão.

Mais de 1000 atendimentos foram feitos pela Agência, entre vistorias de imóveis e entrega dos materiais de construção. A ação emergencial socorreu cerca de 5 mil pessoas, a maioria composta por mães, chefes de família, e muitas crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade.

Para a diretora-presidente da Amhasf, Maria Helena Bughi, a ação deste final de semana foi rápida e eficaz. “Tivemos a experiência da tempestade que caiu sobre Campo Grande na sexta-feira da semana retrasada. Nos dias seguintes, trabalhamos intensamente para atender as famílias também com orientações sobre prevenção de danos. Mesmo após a tempestade na madrugada de domingo, conseguimos executar um trabalho eficiente, já com ciência dos focos mais vulneráveis”, concluiu.

Doações

A Prefeitura de Campo Grande está em campanha para arrecadar doações em prol da reconstrução das moradias de centenas de famílias. Nesse momento, a solidariedade de todos é importante. Quem puder fazer doações com materiais de construção ou em valores para aquisição desses itens, entre em contato pelo telefone da Agência Municipal de Habitação e Assuntos Fundiários (Amhasf): (67) 99350-1126.

Serviço

Para quem precisa do auxílio emergencial, basta entrar em contato com a Central de Atendimento da Amhasf: (67) 3314-3900.