Municípios querem consórcio para certificar produtos com o Sisbi

WhatsApp Image 2019-07-12 at 09.57.17

Campo Grande, 12/07/2019 às 15:51

A Prefeitura de Campo Grande realizou nessa sexta-feira (12) na Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia) a reunião com o principal objetivo de dar os primeiros passos em direção à formação de um consórcio de municípios que têm interesse em fazer parte do SISB (Sistema Brasileiro de Inspeção de Produtos de Origem Animal).

WhatsApp Image 2019-07-12 at 10.28.50Com o SISB, uma empresa fiscalizada pelo SIM pode vender seus produtos em todos os estados do país. O município interessado em fazer parte do SISBI deve ser auditado pelo Ministério da Agricultura e comprovar que tem equivalência ma qualidade de serviço com o SIF – Serviço de Inspeção Feral. Para isso, o SIM deve estar completamente estruturado, tanto na parte de legislação como na de recursos materiais e humano.

“O prefeito Marquinhos Trad regulamentou, no início deste mês, o Serviço de Inspeção Municipal, uma legislação atualizada que vai ao encontro com as necessidades da cadeia produtiva, garantindo que os produtos certificados pelo SIM sejam de qualidade extrema”, declarou o secretário da Sedesc, Herbert Assunção na abertura da reunião técnica, destacando que: “desenvolvimento a gente não faz sozinho, os municípios têm que atuar juntos”.

Sobre a regulamentação do SISBI, o secretário da Sedesc destacou também que os 79 municípios de Mato Grosso do Sul precisam pensar em união de forças nesse sentido, iniciando pela região representada pelos municípios presentes à reunião.

“Vamos procurar caminhar por um desenvolvimento integrado, uma produção qualificada, normatizada e certificada”, afirmou Assunção.

WhatsApp Image 2019-07-12 at 10.36.35Para o secretário da Sedesc esse é o caminho, o censo comum que os municípios precisam ter para avançar com o SIM, certificando os produtos e caminhando rapidamente para que os municípios possam certificar com o SISBI. “Dessa forma estaremos fazendo um grande trabalho por Mato Grosso do Sul”, concluiu Herbert Assunção.

Sistema de consórcio:

Existe a opção de os municípios firmarem um consórcio entre si e a partir dais buscarem fazer parte do SISBI. Na reunião de hoje na Sedesc essa hipótese foi debatida, sendo formada uma comissão que vai cuidar da minuta do texto a ser firmado entre os municípios participantes. Essa comissão está formada pelos representantes dos municípios de Campo Grande, Terenos, Sidrolândia, Nova Alvorada do Sul e Rochedo.

“Foi estipulado um prazo de 30 dias para que essa comissão apresente a minuta do texto que vai formalizar o consórcio de municípios integrantes. Após aprovado, o documento será assinado por todos os prefeitos em evento a ser realizado provavelmente em Campo Grande”, informou Melquiades Silva, chefe do SIM na Prefeitura da Capital.

Participaram da reunião secretários de desenvolvimento econômico dos seguintes municípios: Jaraguari, Sidrolândia, Terenos, Bandeirantes, Rochedo, Nova Alvorada do Sul e Corguinho, além do Assessor-chefe do SIM – Serviço de Inspeção Municipal de Campo Grande, Melquiades da Silva Pinto.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/