Livro: Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher ajuda identificas casos de violências domésticas

WhatsApp Image 2019-11-28 at 09.14.42 Foto: David Majella

Campo Grande, 28/11/2019 às 09:22

O livro Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher: um problema de toda a sociedade, foi lançado na sexta-feira (27), na Casa da Mulher Brasileira. A vice-prefeita Adriane Lopes acompanhada da subsecretária de Políticas para a Mulher, Carla Stephanini representou o prefeito Marquinhos Trad durante a realização do evento

O evento contou com dois momentos distintos:  O primeiro momento consistiu na apresentação oficial da Bandeira da Casa da Mulher Brasileira. E no segundo a confecção da Bandeira foi fruto de um concurso de desenho, promovido junto aos alunos do 8º. e 9º. anos, da rede municipal de ensino.

A subsecretária de Políticas para a Mulher Carla Stephanini destaca que o livro foi editado pelas Editora Paulinas, e traz uma coletânea de artigos, escritos por especialistas, com o objetivo de divulgar a Lei Maria da Penha e os trabalhos que vêm sendo realizados pelas áreas de segurança, justiça e assistência psicossocial, assim como pelo ativismo social e religioso, de modo que as mulheres saibam identificar um caso de violência doméstica, conheçam seus direitos e descubram como acessá-los.

WhatsApp Image 2019-11-28 at 09.14.43“A obra reúne artigos de diversos autores sobre a temática da violência doméstica e tentativas de feminicídio e a apresentação da obra é assinada por Maria da Penha Maia Fernandes, a farmacêutica bioquímica que deu nome à Lei 11.340/2006. As ilustrações foram criadas por Helena Cortez, artista plástica que sonha com relações mais harmoniosas e amorosas”, disse Carla.

A Coordenadora da Casa da Mulher Brasileira, Tai Loschi falou a importância do lançamento do livro Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher.

“Este é e continua sendo um problema de toda a sociedade. O livro consiste em uma coletânea de artigos escritos por especialistas de diversas áreas de atuação, cujos conteúdos podem orientar e auxiliar na identificação das situações de violência doméstica e a rede de apoio”, comentou Tai.

Bandeira da Casa da Mulher BrasileiraWhatsApp Image 2019-11-28 at 07.47.44

Por meio de um desenho da Bandeira da Casa da Mulher Brasileira os alunos da Reme foram levados  a refletirem sobre a violência de que são vítimas as mulheres, fomentando o desenvolvimento da arte para produção de uma bandeira que identificasse a Casa da Mulher Brasileira.

O desenho vencedor foi de autoria do adolescente Kewewn Robert Araújo da Silva da E.M. Rafaela Abrão que empunhará o mastro com a bandeira para apresentação pública.

Um artigo em particular é sobre a Casa da Mulher Brasileira e tem como autoras a Subsecretária de Políticas para Mulher – Carla Stephanini e a especialista em políticas públicas para mulher – Tai Loschi.

O evento contou com a presença da coordenadora da Cleide Rodrigues Costa e das autoridades da Casa da Mulher Brasileira, religiosos e representantes da sociedade civil

Livro

Dra. Jaqueline Machado, Juíza da 3ª vara de Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher; Delegada Titular da DEAM, Dra. Fernanda Félix Mendes; Padre Agenor Martins, Representando o Arcebispo de Campo Grande, Dom Dimas Lara; Irmã Irma Cipriane e Andreia Simone, Editora Paulinas; Vice- Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Mulher, Iacita Azamour; Chefe da Divisão Patrulha Maria da Penha, Nélis Brauna; Rede Feminina de Combate ao Câncer, Magda Alves; Representando a OAB, Dra. Eclair Nantes.

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/