Jovens veem em curso de cabeleireiro oportunidade de emprego e profissão

IMG_5747 (Copy)

Campo Grande, 20/09/2018 às 10:07

O curso de barbeiro e cabeleireiro, promovido pela Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos (SDHU), e da Subsecretaria de Políticas para as Mulheres, dá oportunidade a jovens de se profissionalizarem e se inserirem no mercado de trabalho. Totalmente gratuito, o curso capacita jovens de 15 a 29 anos de idade, de ambos os sexos.

IMG_5755 (Copy)Jéssica Delgado, moradora do Bairro Hortênsia, conta que sonha com uma profissão e com a independência financeira.

“Quero me profissionalizar e ter meu próprio dinheiro, não depender de ninguém economicamente”, diz.

Letícia Rodrigues, moradora do bairro Universitário, também vê no curso uma oportunidade de se profissionalizar.

“Vejo aqui neste curso, que é totalmente gratuito, e por isso possível para muitas de nós, uma grande oportunidade de ter uma profissão, de conseguir um trabalho e ajudar nossas famílias”, diz.

E exatamente este o objetivo do curso. Incentivar jovens em situação de vulnerabilidade a superarem suas dificuldades e incluí-los no mercado de trabalho, proporcionando uma profissão e promovendo também a autoestima.  Nesta turma da Secretaria das Mulheres estão participando 30 meninas. O curso terá duração de três meses, sendo a formatura no mês de dezembro, época em que mais se contrata profissionais para a área.

O prefeito Marquinhos Trad diz que esta é a hora de cada uma aproveitar e se dedicarem para serem boas profissionais e terem cada vez mais oportunidades.

“Na vida para a gente alcançar o sucesso é preciso muito esforço. É preciso ter força de vontade e buscar com afinco aquilo que sonha. A gente esta dando esta oportunidade e vocês podem agarrá-la e se tornarem excelentes profissionais. Só depende de vocês”, diz.

IMG_5737 (Copy)Instrutor do curso, Marcos Rogério, conta que quando iniciou a primeira turma, há 90 dias, não esperava o sucesso que o programa está tendo.

“Começamos com 30 alunos na primeira turma e a metade se inseriu imediatamente no mercado de trabalho. Depois fizemos uma turma só para pessoas com deficiência e já estamos totalizando 75 alunos formados”, diz.

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/