Jogos Escolares cresce 100% em três anos e pode ser a porta de entrada para jovens no esporte

IMG_4616

Campo Grande, 02/10/2019 às 18:04

Com a participação de 3.766 atletas de 138 escolas, a 34ª edição dos Jogos Escolares Campo-Grandenses e a 2ª edição dos Jogos Escolares Paralímpicos de Campo Grande, começaram com festa nesta quarta-feira (02) no Ginásio do Colégio Oswaldo Tognini.

IMG_4844Realizado pela Prefeitura por meio da Fundação Municipal de Esportes (Funesp) o evento cresceu quase 100% em 3 anos e pode ser a porta de entrada para os jovens no esporte conforme comentou o diretor-presidente da Funesp, Rodrigo Terra. “Em 2016 eram 1900 atletas, em 2017 foram ­­2.588 mil e superando as expectativas em 2019 batemos o recorde com 3.766 mil inscritos o que significa que nos último 3 anos os jogos cresceram quase 100 % , quase 2 mil atletas a mais do que a competição envolvia. Significa dizer que cada vez mais jovens estão aderindo a prática esportiva e mudando as suas vidas e se educando a partir disso, e a nossa tarefa é isso incentivar que as escolas invistam nessa forma de educação e que com isso mais jovens e futuros adultos se movimentem, e não apenas para entrar no alto rendimento,mas para ter sua vida melhorada a parti do esporte”.

Além de ter aumentado número de atletas, a Prefeitura também inclui as competições paralímpicas e cinco modalidades.

IMG_4866Destacando a importância do esporte para a formação dos jovens, a vice-prefeita de Campo Grande Adriane Lopes, avalia que o esporte garante oportunidade a todas as pessoas. “Estou muito feliz por fazer parte deste projeto que leva o esporte a todas as comunidades, tanto para os jovens quanto para os adultos, idosos e deficientes. É fundamental investir no esporte e na vida dos nossos jovens, garantir oportunidade da prática esportiva e da transformação da vida pelo esporte. Aqui somos todos iguais buscando o seu melhor resultado, mas sempre lembrando que o objetivo é a vitória no jogo e na vida”.

Com olhar de quem já esteve na competição, Uldson Ortiz, diretor de desporte da Rede Funlec deixa o recado para os jovens competirem com divertimento. “Há pelo menos 20 anos eu participo desse evento, e é importante a presença de todos os diretores para ressaltar a importância do esporte na escola, principalmente porque o esporte ajuda na disciplina, interação,  e no complemento a educação. E eu me emociono ao ver na abertura tantos jovens porque eu tive a honra de participar dos jogos escolares e mais do que competição é fundamental vocês se divertirem e aproveitarem esse momento”.

Expectativas

Serão cerca de dois meses de competição, e o objetivo além de selecionar as equipes que representarão a Capital nos Jogos Estaduais é fazer com que os jovens tenham interesse na prática esportiva e foi o que aconteceu com Nathalya Mendonça Ribas, da Escola Estadual Joaquim Murtinho, que leva no currículo títulos na modalidade de atletismo. “Eu quero ser uma atleta profissional, mas, além disso, quero praticar a corrida diariamente, fazer isso no dia a dia como treino, como lazer e para minha saúde”.

Kaique Brito, da EM Gov. Harry Amorim Costa já está no segundo ano da competição e acha importante participar. “Foi muito legal ano passado e sempre entramos falando que queremos ganhar, afinal quem nãoquer, mas podemos perder e será legal também.”

Ao todo, os jogos reúnem jovens de 11 a 16 anos e disputas em 21 modalidades sendo Atletismo, Badminton, Basquete 3×3, Ciclismo, Ginástica Artística, Ginástica Rítmica, Judô, Luta Olímpica, Natação, Tênis de Mesa, Vôlei de Praia, Xadrez, Basquetebol, Futsal, Handebol, Beach Tennis e Voleibol nos Jogos Escolares, e as modalidades de Atletismo, Bocha, Parabadminton e Tênis de Mesa nos Jogos Paralímpicos.

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/