Escola da Reme recebe doação de materiais esportivos do TRT

DSC_2947

Campo Grande, 18/10/2019 às 17:01

DSC_3127A escola municipal “Professor Virgílio Alves de Campos” recebeu, na tarde desta sexta-feira (18), a doação de 60 bolas para a prática de vôlei, futsal e basquete, redes e cones para aulas de Educação Física, kits completos de tênis de mesa, coletes para diferenciar times e bombas de enchimento de bolas.

A doação foi feita pelo Tribunal Regional do Trabalho da 24ª Região em parceria com o Ministério Público do Trabalho em Mato Grosso do Sul, atendendo solicitação da diretora da unidade, Eliane Alves de Rezende, que tomou conhecimento do projeto desenvolvido pelo TRT e fez o pedido em parceria com a Secretaria Municipal de Educação (Semed).

Participaram da entrega do material, além da equipe da escola, o secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Antônio Lacerda Alves, a secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, desembargador João de Deus Gomes de Souza, juiz do trabalho, Marcio Alexandre da Silva e a procuradora-chefe do MPT do Estado, Candice Gabriela Arósio.

Benefícios para a comunidade escolar

DSC_3108O secretário municipal de Governo e Relações Institucionais, Lacerda, ressaltou as parcerias firmadas com o MPT e o TRT e disse que a gestão está aberta a novos projetos. ‘A entrega desses equipamentos é o resultado de uma agenda extremamente positiva, que já rendeu muitos benefícios. “Agora atendemos os bens mais preciosos que temos que são as nossas crianças, por isso estamos sempre à disposição porque essas ações têm um grande alcance social em nossa comunidade”, afirmou.

A secretária Elza Fernandes também agradeceu a parceria com o TRT e MPT do Estado. “É muito importante esse trabalho que realizamos juntos porque nosso objetivo é proporcionar um ensino de qualidade, por isso todas as parcerias são bem-vindas”, disse.

O juiz Marcio Alexandre explicou que os equipamentos esportivos foram comprados com dinheiro de ações civis públicas movidas pelo MPT contra empresas que descumpriram a legislação trabalhista.

“Entendemos  que esses recursos devem  ser revertidos para a sociedade porque a ação é voltada ao combate do trabalho infantil e as crianças não abandonam os estudos precocemente quando a escola é atraente, com atividades esportivas e lúdicas”, afirmou o juiz.DSC_3126

A diretora da escola Eliane Alves, falou sobre a importância do material recebido no processo de aprendizagem dos 640 alunos da unidade. “Nós fazemos parte do projeto esportivo oferecido pela Divisão de Esporte, Arte e Cultura (Deac) no contra turno e esse material vem somar com os materiais que já dispomos. É uma forma de melhorar a escola e o processo de ensino e aprendizagem das crianças”, frisou.

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/