Durante semana de restrições, canais de comunicação da Prefeitura registram mais de oito mil ligações

Campo Grande, 30/03/2021 às 10:02

Com o intuito de auxiliar a população durante a vigência das normas estabelecidas por meio do Decreto n. 14.683, no período de 20 a 28 de março, a Prefeitura de Campo Grande ampliou os horários dos canais de atendimento à população.

A Central 156, a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde Pública e a Central 153 atenderam, em regime de plantão, o total de 8.410 ligações de várias regiões da Capital.

Segundo o ouvidor-geral do Município, Marcos Haroitto, em uma semana a Central 156 atendeu 2.196 ligações. A equipe que trabalhava de forma reduzida devido as restrições, precisou passar por reestruturação para que os atendimentos não fossem comprometidos.

“Registramos um número significativo para uma semana de feriados. Somente na segunda-feira (22), a Central recebeu quase 800 ligações, uma demanda bem acima do esperado”, destaca o ouvidor-geral.

Grande parte dos atendimentos foram para sanar dúvidas quanto ao Decreto publicado pelo Município, um total de 1.250 ligações.

“Se compararmos com o mesmo período do ano passado, início da Pandemia, podemos dizer que houve um aumento de 34% no número de atendimentos”, ressalta Haroitto.

A Central 153 de responsabilidade da Guarda Civil Metropolitana (GCM), também vem desempenhando um papel importante durante a Pandemia, já que o canal recebe diariamente várias denúncias de descumprimento da lei.

Durante a semana em que prevaleceram as novas medidas estabelecidas pelo Município como forma de combater a disseminação do Novo Coronavírus, a GCM registrou 2.147 ligações. Desse total, 399 foram denúncias referentes ao descumprimento das medidas de combate à COVID-19.

“Tivemos um aumento de 91% no número de ligações se compararmos com a semana que antecedeu o período de vigência das novas regras estabelecidas pelo Decreto. As denúncias de irregularidades também cresceram cerca de 32%”, destaca o secretário municipal de segurança e defesa social, Valério Azambuja.

Já a Ouvidoria da Secretaria Municipal de Saúde Pública (Sesau), foi o canal que mais registrou demandas durante todo o período, cerca de 4 mil ligações.

A ouvidora da Sesau, Sonia Correia dos Santos, destaca que a equipe trabalhou incansavelmente durante todos esses dias, já que o órgão está diretamente envolvido com as atividades de combate a COVID-19.

“Como estamos vivemos um momento atípico, principalmente no que diz respeito à saúde pública, precisamos estar preparados para orientar o cidadão que busca atendimento”, destaca Sonia Correia.

A população pode buscar atendimento e orientações, sanar dúvidas quanto às medidas de prevenção ao Novo Coronavírus, bem como denunciar irregularidades por meio dos seguintes canais de comunicação:

 

– Central 156 (Ouvidoria-Geral do Município)

Informações e solicitações referentes aos serviços oferecidos pela Prefeitura Municipal de Campo Grande, bem como dúvidas quanto às normas estabelecidas pelo Decreto.

 

– Ouvidoria Sesau (3314.9955)

Informações e dúvidas referentes a área de saúde, denúncias de aglomeração e pedidos para fiscalização de empresas.

 

– Central 153 (Guarda Civil Metropolitana)

Informações referentes a segurança pública, denúncias de aglomeração, violência doméstica, descumprimento medida sanitária, invasão de área pública, vandalismo de prédio público e denúncias de crimes ambientais.