Cursos profissionalizantes formam mais 403 profissionais em diversos setores

Foto: Diogo Gonçalves

Campo Grande, 12/12/2019 às 09:37

O prefeito Marquinhos Trad, acompanhado da Subsecretária de Políticas para a Mulher, Carla Stephanini, participou do encerramento e entrega de certificados dos cursos de Geração e renda realizados em parceria com a FETTAR/FETAGRI.

“Destaco a parceria com FETTAR/FETAGRI e os que representam os sindicatos que ofereceram cursos profissionalizantes e voltados ao empreendedorismo e que prioriza grupo de mulheres. Com estes cursos, também formamos homens que estão capacitados para o mercado de trabalho”, frisa Marquinhos.

De acordo com a subsecretária de Políticas para a Mulher Carla Stephanini, no período de julho a dezembro de 2019, 22 tipos de cursos, que alcançaram e formaram 403 profissionais.

“Esses cursos são para comunidades que trabalham nas áreas rurais, mas conseguimos trazer para os trabalhadores da área urbana. Estes cursos vão possibilitar que os novos profissionais tenham a carteira assinada e até mesmo se tornem empreendedores”, disse Carla.

Um dos cursistas, Eduardo Pascoal da Silva já se tornou empreendedor individual no setor de defumação de peixes.

“Aprendi com o curso de produção artesanal de embutidos e defumados e estou passando o meu aprendizado para outras pessoas. O importante que a gente aprende e passa para os colegas tudo que aprendeu. Eu estou grato ao prefeito Marquinhos Trad que um dia disse que iria promover cursos de qualificação em Campo Grande e tudo isso se tornou realidade”, frisou Eduardo.

Cursos oferecidos:

Bonecas e Bichos de Pano; Implantação e manejo básico de plantas medicinais; Produção de alimentos saudáveis; produção de conservas e frutas; Produção de biscoitos, bolos simples e confeitados; Informática básica; Arte em tecidos: linhas de fuxico; Corte e costura – modelagem e confecção de peças; Beneficiamento e transformação caseira da mandioca; informática avançada; Fabricação caseira de derivados do leite; Implantação e manejo básico de horta; Produção de conserva de hortaliças; Arte em tecido – Técnica de pano assado; Cultivo de orquídeas; Produção artesanal de embutidos e defumados; Processamento caseiro da banana; Floricultura, jardinagem e paisagismo – agricultura urbana; Artesanato de bordado ponto cruz; Remédios caseiros; Associativismo e Manejo básico de plantas medicinais.

O evento contou com a presença do subsecretário de Defesa dos Direitos Humanos, Ademar Vieira Júnior e do diretor-presidente da Fundação Social do Trabalho de Campo Grande Cleiton Freitas Franco.