Covid-19: Força-tarefa vistoria 53 estabelecimentos para avaliar se regras de prevenção estão sendo cumpridas

Campo Grande, 22/03/2020 às 18:18

Uma das redes de supermercado visitada adotou medidas de prevenção para evitar disseminação do vírus.

Uma força-tarefa integrada pela Guarda Municipal , equipes da Vigilância Sanitária e da Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), saiu a campo neste domingo , tendo visitado 53 estabelecimentos comerciais nas sete regiões urbanas de Campo Grande. O trabalho integra o conjunto de ações que a Prefeitura têm implementado para controlar a cadeia de transmissão do novo coronavírus.

A operação foi desencadeada para avaliar o cumprimento de medidas previstas nos decretos emitidos pela Prefeitura com regras de reforço na higienização dos locais (com disponibilidade de álcool em gel) onde há frequência de público, redução da aglomeração de pessoas, além de equipamentos de proteção aos funcionários.

O trabalho da força-tarefa neste domingo, acompanhado pelo secretário de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Luiz Eduardo Costa, foi mais de orientação, já que os problemas encontrados podem ser corrigidos com pequenos ajustes, não se constatou nada que colocasse em risco a saúde dos trabalhadores e dos consumidores. “ A fiscalização vai continuar e caso se constate situações mais graves, aí então, haverá aplicação de multa e em casos extremos, até fechamento do estabelecimento”, explica o secretário.

O prefeito Marquinhos Trad lembra é fundamental fazer valer as regras de aglomeração (com o distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas), além do reforço da higienização e equipamentos de segurança dos trabalhadores, para tentar quebrar a cadeia de transmissão do novo coronavírus. Campo Grande enfrenta o quadro de transmissão comunitária, situação em que qualquer pessoa pode estar com o vírus.
Os estabelecimentos tem a opção de controlar o número de pessoas dentro das instalações para que haja um consumidor a cada 10 metros quarados. Um dos atacadistas, por exemplo, foram orientados a manter uma distância entre os caixas.

Neste domingo foram inspecionados 18 supermercados (incluindo atacadistas), 17 conveniências;13 bares; três casas de eventos e dois açougues. Foram utilizadas 21 viaturas, numa mobilização que envolve 40 guardas civis metropolitanos, cinco equipes da vigilância sanitária e 5 equipes da Semadur.