Começa drenagem em trecho que será duplicado na principal avenida do Bairro Nova Lima

IMG_3279 (Copy)

Campo Grande, 16/10/2019 às 08:11

A Prefeitura de Campo Grande iniciou a segunda etapa das obras de recapeamento e duplicação da Avenida  Zulmira Borba, a principal via comercial e de acesso ao Bairro Nova Lima e aos residenciais Oscar Salazar,  José Tavares e Tarsila do Amaral. A empreiteira começou a implantar a rede de drenagem, que se estenderá por 600 metros, a partir do cruzamento com a Rua Major  Giovani Francisco Nadalin. Nesta etapa, o recapeamento será feito numa extensão de quase um quilômetro até a  Rua Francisco Pereira Coutinho.

A Avenida Zulmira Borba já foi recapeada e duplicada (como parte das obras do Nova Lima etapa A)  no trecho entre as avenidas Cônsul Assaf Trad e Jerônimo Albuquerque. Com esta nova etapa, faltará revitalizar o trecho entre as ruas Jerônimo Albuquerque e Francisco Pereira, obra prevista na etapa B da frente de pavimentação do Nova Lima, programada para 2020.

“Esta avenida é muito movimentada e é preciso de uma segunda pista. Hoje , principalmente, nos horários de entrada e saída do trabalho, o trânsito fica difícil”, avalia a dona de casa Terezinha Pontes, que há 7 anos mora no José Tavares,  na Rua Otaviano Gomes da Cunha (recém-asfaltada), a poucos metros do trecho da Zulmira onde está sendo construída uma galeria de águas pluviais.  Ela comemora a chegada do asfalto porque “significa valorização do imóvel e garante uma melhor  qualidade de vida”.

IMG_3269 (Copy)Além desta frente de serviço da Avenida  Zulmira Borba, a empreiteira responsável  pelas obras do Complexo José Tavares está concluindo a pavimentação das ruas Major Giovani  e  Martim Afonso de Souza, que terá uma rotatória no cruzamento com a Francisco Pereira Coutinho. Quando o projeto estiver executado, quem mora nos bairros Vida Nova, Parque  Iguatemi, Tarsila do Amaral, Oscar Salazar e José Tavares terá uma alternativa de acesso a Avenida Cônsul Assaf Trad,  na altura do Terminal Nova Bahia ( e dai ao centro da cidade), pela Avenida Marques de Herval, o Corredor do Nova Lima.

O  Complexo José Tavares é um projeto de drenagem, pavimentação e recapeamento, com investimento de quase R$ 19 milhões, abrangendo   quase 6 quilômetros de drenagem (exatos 5,9 km), 14,9 km de pavimentação de 45 ruas localizadas  no perímetro acima da Rua Francisco Pereira Coutinho,  entre as  ruas  Marques de Herval (o Corredor do Nova Lima) e Venam Soares, no Vida Nova. Mais de 85% do asfalto foi concluído, beneficiando os conjuntos habitacionais  Oscar Salazar,José Tavares e Parque Iguatemi.

Anache nova etapa

A Prefeitura de Campo Grande vai investir mais R$ 1 milhão em obras de drenagem, pavimentação recapeamento no Jardim Anache, que serão iniciadas tão logo a Caixa Econômica Federal aprove a reprogramação encaminhada pela SISEP (Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos). Nesta etapa, está programada a execução de 2,4  quilômetros de asfalto e o recapeamento de um trecho de 621 metros da Avenida Lino Villacha, acesso ao Hospital São Julião, a partir do cruzamento com a  Rua Francisco Pereira Coutinho.

Serão asfaltados um trecho da Avenida Cândido Garcia, entre a Alexandrino de Alencar e a Rua da Prata, além das  ruas dos Poetas, Capitólio, da Prada, Ida Bais, Alberto Veiga e Rua Amambai. São vias  nadivisa com o ponto mais extremo Bairro Nova Lima  onde a pavimentação está programada para 2020, com previsão de abranger mais de 18 quilômetros.

Na primeira fase  das obras do Jardim Anache, já concluída, a Prefeitura investiu R$ 10,3 milhões, com a execução de 2,2 km de drenagem e 8,7 quilômetros de pavimentação em 44 ruas.

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/