Com serviço até no domingo, recapeamento da Bandeirantes chega a reta final

Campo Grande, 01/03/2020 às 11:00

Ainda nesta semana, deve chegar ao fim a obra de recapeamento da Avenida Bandeirantes. Para garantir a conclusão desta etapa do projeto, a empreiteira manteve frentes de serviço neste domingo (1°), onde foi aplicada a capa asfáltica na terceira pista de rolamento, até o trevo Imbirussu.

Nesta segunda e terça-feira está previsto o recapeamento das últimas duas pistas, a quarta e a quinta. Dos 3,8 quilômetros de extensão da via, 75% já estão com asfalto novo, sendo 2,8 km entre a Avenida Afonso Pena e o cruzamento com a Rua José Paes de Farias.

Além do recapeamento, o projeto contempla a implantação de um corredor exclusivo para o transporte coletivo onde está sendo aplicado um pavimento mais resistente, o asfalto com polímeros, sete estações de pré- embarque e nova sinalização. Também foi implantada a rede de drenagem no local.

Conforme levantamento da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos (Sisep), o asfalto da Avenida Bandeirantes, feito há mais de 30 anos, praticamente não oferecia mais condições de trafegabilidade para os 40 mil veículos que diariamente passam pela via. A pista estava tomada pelos remendos decorrentes de sucessivos tapa-buraco.

Do projeto previsto para a Avenida Bandeirantes, 90% da drenagem está pronta; 70% do pavimento rígido nos locais onde haverá estação de pré-embarque e 90% do calçamento foram refeitos.

São 1.750 metros de tubulação na própria avenida; 1.283 metros de conexões nos poços de visita para ampliar a capacidade de captação das bocas de lobo (os chamados bigodes); mais 710 metros de rede para conexão com a rede da Avenida Manoel Costa e Silva (subindo Rua Raul Maluf e tubulação pela Rua Santa Adélia até a 2 de Março, no conjunto Cooaphama, fazendo com que a enxurrada deságue no Rio Anhanduí, perto do Shopping Norte Sul.

Foram implantados ainda ramais em ruas transversais a Bandeirantes para conexão com as redes existentes nos bairros Taquarussu e Jacy, onde será aproveitada a rede implantada pelo Exército nas Ruas José Paes de Farias e Itália, como parte do projeto de recapeamento da Rua Brilhante.

Estão sendo investidos na Avenida Bandeirantes, incluindo drenagem, recapeamento, sinalização e implantação de sete estações de pré-embarque no corredor do transporte coletivo, R$ 6.462.933,73 (recursos do PAC Mobilidade), e R$ 2.297.378,94 (contrapartida do Governo do Estado). Até agora, foram medidos R$ 5.390.521,13 em serviços executados.

A Bandeirantes integra o corredor sudoeste do transporte coletivo, que é a ligação do centro da cidade com os terminais Bandeirantes e Aero Rancho. Já foram recapeadas as ruas Guia Lopes e Brilhante. Nós próximos 45 dias será licitado o trecho final do corredor, a Avenida Gunter Hans, do trevo do Imbirussu até o terminal Aero Rancho, investimento de R$ 12 milhões. Quando os corredores estiverem implantados, o tempo de viagem dos ônibus dos terminais até o Centro da cidade (e vice-versa) deve cair 20%.