Com mais de 150 expositores, Feira Mãos que Criam terá mais uma ação com o City Tour, grupos de dança urbana e djs ao vivo

WhatsApp-Image-2019-05-28-at-15.08.25-1024x768

Campo Grande, 02/07/2019 às 07:59

O primeiro domingo (07) do mês de julho está próximo e, com ele, a tradicional feira de artesanato Mãos que Criam na Cidade do Natal, das 16h até às 21h. Nesta edição a feira conta com saída do City Tour, apresentação dos grupos Hands Up MS e Movimento de Rua, ambos de dança urbana, performance ao vivo dos djs Jay-C, Andre Garde e Fellipe, além da repetição do sucesso da Kombosa do Harmonia, que participou da edição do mês de junho com grande admiração do público.

56403784_1250465845104132_3346648236554190848_nOs artesãos que expõe nas 35 tendas de trabalhos manuais e nos 10 quiosques das Associações que fazem a feira acontecer em parceria com a Sectur – Secretaria Municipal de Cultura e Turismo, comemoram o sucesso do evento. “Cada vez mais agregamos à programação. Temos tudo para que a população posso se sentir bem, levar a família e até mesmo os pets, afinal, todos são bem-vindos. O lugar é agradável para que todos possam participar e vivenciar ótimos momentos”, afirma Sônia Albuquerque, da Associação da Praça dos Imigrantes (Api/MS).

Ao todo serão mais de 150 expositores nesta edição, além dos representantes da gastronomia que estarão vendendo delícias na Praça de Alimentação. Parede de escalada e brinquedos infláveis para os pequenos completam a tarde de lazer por um preço simbólico.

A Secretária Municipal de Cultura e Turismo, Melissa Tamaciro, pontua a respeito da importância de um evento deste porte para o calendário da cidade. “Pela qualidade do trabalho dos expositores e pelo local onde fazemos o evento, nos Altos da Avenida Afonso Pena, conseguimos agregar mais um quesito a este cartão postal de Campo Grande”.

É a primeira vez dos djs na Mãos que Criam. Eles prometem tocar estilos como o soul, rap, hip hop, música brasileira, house, deep house e tecno. “A nossa ideia é contribuir junto ao evento e aos artistas que fazem parte do Mãos que Criam, passando a nossa experiência como dj. Eu tenho quase 20 anos de estrada, o Andre Garde completa mais de 15 anos atrás das pick-ups e o Fellipe também chega com muita qualidade de som”, comenta Jay C.

Roger Pacheco é diretor do Hands Up MS e do Movimento de Rua, grupos que apresentam o estilo da dança urbana. Serão duas apresentações a partir das 19h30. “Nosso trabalho no Movimento de Rua é com os jovens do bairro Coophavila II, já o Hands Up MS abrange os jovens da comunidade LGBT. É por meio da dança que contribuímos para a transformação social”.

Ainda nesta edição de julho a Mãos que Criam promove uma ação do ônibus do City Tour pelos principais pontos turísticos de Campo Grande. Com duas saídas diretamente da Cidade do Natal, às 17h e às 19h, o veículo percorre um trajeto de cerca de uma hora de duração.

O  Kombosa da Harmonia estaciona pela segunda vez na Mãos que Criam e leva aulas de dança gratuitas a todo o público presente. O projeto oferece uma aula de vinte minutos com professores de dança e depois deixa o som rolando para os alunos treinarem os passos.

Rochelle Kaghoser e Fabio Simones são os professores que estão a frente do projeto e pedem para que os interessados levem um agasalho ou um quilo de alimento não perecível para doação da Escola de Dança.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/