Com entrega de novas moradias, Prefeitura sinaliza fase final para conclusão das obras no Bom Retiro

Foto: Glenda Gabi

Campo Grande, 30/06/2021 às 17:17

Mais famílias da comunidade no Bom Retiro, localizada na Região Urbana do Segredo, já podem comemorar a conquista de moradias seguras e novinhas para viver com dignidade. A Prefeitura de Campo Grande entregou nesta quarta-feira (30) mais seis unidades habitacionais pela modalidade Credihabita, programa criado pela Agência de Habitação e Assuntos Fundiários (Amhasf) para aquisição de materiais de construção e contratação de assistência técnica para habitação de interesse social (ATHIS).

Na comunidade, parte dos moradores da extinta Cidade de Deus já receberam 117 moradias no Bom Retir, por meio do inovador Ação Casa Pronta – iniciativa da Amhasf e Fundação Social do Trabalho de Campo Grande (Funsat), em parceria com o Governo do Estado. O programa foi um sucesso e capacitou mais de 150 moradores, que aprenderam novas profissões integrantes do ramo da construção civil.

“Depois que aquele início de projeto, porque obra mesmo a gente sabe que não era, foi paralisado por causa de rolo das antigas gestões, a gente nem achava mais que isso ia resolver. Mas logo que trocou a administração o Marquinhos veio aqui e disse que ia resolver e hoje estou aqui com as chaves da minha primeira casa própria. Não tenho palavras para dizer o sentimento porque eu já nem pensava mais que teria uma casa de verdade antes de morrer, já que envelheci sem receber nada de ninguém além de promessas. O Marquinhos foi uma grata surpresa e o que me resta de vida vou viver com dignidade”, relatou o coletor de recicláveis Carlos Pereira Souza, que aos 70 anos teve o sonho da moradia realizado.

No total, já foram entregues 123 moradias na comunidade, restando apenas 13 casas para finalizar as obras no Bom Retiro. Todos os reparos, readequações e mesmo construções do contrapiso foram feitas com a finalidade de assegurar aos moradores a tranquilidade de habitar em um local seguro.

Durante a entrega das unidades nesta quarta-feira, o prefeito Marquinhos Trad anunciou que no mês de julho serão entregues as últimas moradias do Bom Retiro, finalizando as obras naquela comunidade. “Seguimos trabalhando sem descanso para cada vez mais oferecer a moradia e dignidade às famílias da nossa cidade. No próximo mês finalizamos a entrega das unidades aqui do Bom Retiro e, com isso, honramos aquilo que nós prometemos”.

Após anos vivendo em barracos e enfrentando o frio e a insegurança de ver tudo desabar em cima dela e dos filhos, a dona de casa Rafaela de Souza Barbosa, de 28 anos, disse que o sentimento hoje é só de alegria, por ter o sonho dela e da família realizado. “Já enfrentamos muita dificuldade nessa vida. Para uma mãe ver três filhos vivendo em situação precária é de cortar o coração. Hoje é o começo de uma nova vida pra gente. Já melhorou 100% e agora só vejo conquistas no futuro. Posso inclusive arranjar um emprego sabendo que meus filhos estarão seguros em casa. Essa entrega hoje me fez sentir novamente a sensação de que tudo é possível nessa vida”.

A diretora-presidente da Amhasf, Maria Helena Bughi, ressalta que esta é uma vitória para os moradores que dependiam de um local digno para morar. “Acompanhei toda a trajetória dessas famílias, desde a selagem da antiga Cidade de Deus até esse momento de resolução definitiva. A habitação de interesse social em Campo Grande hoje está em um novo patamar, já que conta com programas premiados nacionalmente. Por isso tenho a certeza de que essa bagagem nos permite projetar mais programas inovadores e eficientes para a população”, completou.

Entenda a importância e amplitude dos programas habitacionais da Prefeitura:

Ação Casa Pronta: o programa foi referência nacional, já que os próprios moradores construíram as suas moradias e aprenderam uma nova profissão. Desde meados de 2018, os integrantes do Programa de Capacitação Profissional (Proinc) da Funsat, passam pela capacitação em diversos segmentos da construção civil, o que proporcionou desenvolvimento econômico e social da comunidade.

Os participantes do programa Ação Casa Pronta, reconhecido nacionalmente como projeto inovador pela ODS Brasil (Objetivos de Desenvolvimento Sustentável) da Agenda 2030, promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), foram orientados a construir adequadamente as moradias sociais, sob orientação de técnicos, arquitetos e engenheiros, para assegurar a qualidade das construções e a manutenção das boas práticas em cada unidade habitacional de interesse social.

Credihabita: lançado em 2019, o Credihabita é uma nova linha de crédito para compra de materiais de construção, contratação de assistência técnica especializada e pagamento das custas de documentação edilícia de moradias da Capital.

O programa  é destinado àqueles que já possuem o terreno para construção, entretanto, por algum motivo, não conseguiram obter financiamento para aquisição de compra de materiais e de assistência técnica através das linhas tradicionais de crédito oferecidas pelo mercado financeiro.