Com adesão ao Time Brasil, Campo Grande se torna o primeiro município do Estado a integrar o programa da CGU

Campo Grande, 27/05/2021 às 15:17

Trabalhando de forma cooperativa e voluntária junto aos órgãos de controle e demais entes da federação, a Prefeitura Municipal de Campo Grande assinou na manhã desta quinta-feira (27), o termo de adesão ao Programa Time Brasil.

Ao aderir ao projeto de responsabilidade da Controladoria-Geral da União (CGU), a Capital se torna o primeiro município de Mato Grosso do Sul a integrar o programa, que desempenha o importante papel de auxiliar estados e municípios no aprimoramento da gestão pública e fortalecimento do combate à corrupção.

O prefeito Marquinhos Trad ressaltou a necessidade de se consolidar parcerias objetivando tomadas de decisões responsáveis e transparência nos trabalhos prestados à população.

Um dos responsáveis pelo desenvolvimento do Programa no âmbito do Município, o controlador-geral Luiz Afonso de Freitas Gonçalves, ressaltou que a parceria trará diversos benefícios à gestão.

“Além do trabalho incansável no combate à corrupção, o Time Brasil está totalmente alinhado com a Agenda 2030, que estabelece os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) a nível global, ou seja, um trabalho de grandes proporções”, ponderou o controlador-geral do Município.

O superintendente da Controladoria Regional da União no Estado do Mato Grosso do Sul, Daniel Carlos Silveira, explicou que o programa criado em 2019, se baseia em três importantes eixos para o desenvolvimento e crescimento de qualquer ação no serviço público.

“O Time Brasil trabalha com responsabilidade, tomando como base a transparência, integridade e a participação social. Auxiliamos no desenvolvimento de instituições eficazes e transparentes, por isso reitero que a CGU estará sempre disposta a orientar, somando esforços junto aos trabalhos desenvolvidos pelo Município”, finalizou Daniel Silveira.

O Grupo de Trabalho que irá atuar na implementação do Programa no âmbito da Capital já foi designado e é composto por representantes da Controladoria-Geral do Município, Procuradoria-Geral do Município, Gabinete do Prefeito, Secretaria Municipal de Governo e Relações Institucionais e Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação.