Central 156 recebe orientações sobre a campanha “Onde tem queimada, não tem saúde!”

Imagem - Notícia - 156

Campo Grande, 07/08/2019 às 16:41

Nesta terça-feira (06) representantes do Comitê Municipal de Prevenção e Combate aos Incêndios Florestais e Urbanos de Campo Grande (COMIF) reuniram-se com a equipe de atendimento da Central de Atendimento ao Cidadão (Central 156) para alinhar as informações da campanha “Diga não às queimadas urbanas”, que este ano possui o tema “Onde tem queimada, não tem saúde!”.

O coordenador-geral de Atendimento ao Cidadão, Marcos Haroitto, enfatiza a importância do cidadão em protocolar a denúncia.

Foto - 156“Toda ação realizada pela Prefeitura Municipal de Campo Grande é baseada em informações técnicas, seja por meio de dados internos ou relatos registrados pelos munícipes. Nesse sentido, para o enfrentamento às queimadas urbanas, tema amplamente divulgado na Campanha Agosto Alaranjado, o registro de denúncias é de suma importância, tanto para tentar identificar possíveis autores das práticas ilícitas, quanto para subsidiar ações preventivas por parte da PMCG através de notificação ou multa de proprietários de terrenos que necessitem de limpeza”.

O Subtenente do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso do Sul (CBM-MS), Santiago Junior, explicou o procedimento da atuação da corporação e lembrou que adentramos no período mais crítico do ano, pois a umidade relativa do ar é considerada baixa.

De janeiro a julho deste ano, foram recebidas 111 denúncias de queimadas em terrenos baldios. Após o acolhimento da denúncia pela Central 156, os fiscais ambientais vistoriam o local e constatado a prática de queimada é lavrado o auto de infração.

O supervisor fiscal da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Gestão Urbana (Semadur), José Carlos Costa de Queiroz, esclareceu algumas dúvidas quanto ao procedimento pós-denúncia, informando que no primeiro semestre de 2019 foram 108 notificações e autuações expedidas de acordo com o artigo 18-A do Código de Polícia Administrativa do Município de Campo Grande (Lei Municipal n. 2.909, de 28 de julho de 1992).

O engenheiro ambiental da Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Plaburb), Vinícius Zanardo, apresentou as ações desenvolvidas pelo COMIF, como palestras nas escolas da rede pública de ensino, cursos de brigada de incêndios florestais para as Unidades de Conservação e blitz ambiental para conversa e orientação aos moradores.

As denúncias podem ser feitas de forma anônima pelo número 156, das 07h30 às 19h30, de segunda a sexta-feira, apenas relatando o fato e registrando o endereço da queimada. Através da participação dos cidadãos esse problema recorrente poderá ser amenizado e combatido constantemente.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/