Campo Grande terá o primeiro Centro-Dia de Microcefalia do Brasil

400A2445 (Copy) Foto: André Bittar

Campo Grande, 29/08/2018 às 21:53

A Prefeitura de Campo Grande, por meio da Secretaria de Assistência Social (SAS), assinou nesta quarta-feira(29) o Termo de Parceria com a Associação Renasce Uma Nova Esperança, na Vila Alba, para a implementação e ampliação da rede de assistência para serviço de Centro-Dia destinado à crianças (de zero a seis anos) com microcefalia e deficiências associadas e suas famílias.

O Centro-Dia de Microcefalia, vinculado a Proteção Social Especial de Média Complexidade, caracteriza-se como um serviço tipificado e previsto dentro da Política de Assistência Social , especializado no atendimento integral às crianças com microcefalia e doenças associadas, bem como de suas famílias.

400A2394 (Copy)A unidade, instituída nos municípios com maior incidência do Zika vírus e que aderiram ao cofinanciamento federal, facilita o acesso ao direito constitucional à educação, articulando com sistemas locais de educação e com os setores da saúde, centros especializados em reabilitação (CER), serviços de tratamento e avaliação diagnóstica, rede de atenção psicossocial, estratégias de acesso a medicamentos, órteses e próteses, tecnologia assistida e demais atenções em saúde do SUS, para ampliar as condições de acesso das famílias.

A primeira unidade do Brasil vai permitir que as famílias tenham acesso aos serviços e fortalecimento de vínculo, de convivência social, comunitária, familiar, trabalhando o protagonismo das mães, do cuidador.  O trabalho direcionado à criança ofertará fisioterapia, fonoaudióloga, terapia ocupacional, assistência social, psicólogos e também acesso a rede socioassistencial. “Se porventura algum serviço não pode ser contemplado aqui, a gente encaminha para a rede, que irá atuar com essa família” explicou Marcilene Rodrigues, gerente de Média Complexidade da SAS.400A2391 (Copy)

Emocionada, a presidente da Associação Renasce Uma Nova Esperança, Íris Moreira contou que quase fechou as portas por falta de recurso. “O atendimento às crianças é muito especializado e o tratamento tem custos bastante elevados. Nestes dez anos, sobrevivemos apenas de doações e da empatia popular. Desesperada, prestes a fechar as portas, corri até o gabinete do prefeito e pedi ajuda. De imediato, ele reuniu a vice-prefeita e o secretário da Assistência Social, que juntos se empenharam numa solução. Ganhei novas esperanças! E, hoje estamos aqui anunciando essa boa notícia”,  contou ela.

“Para uma mãe não é fácil receber a notícia de que seu filho terá microcefalia. A Íris teve a coragem que poucos têm, de enfrentar todas as dificuldades para cuidar de pessoas com deficiência e de suas famílias. Através da Secretaria da Assistência Social, a unidade passará a receber recurso de aproximadamente R$360mil por ano”, explicou o prefeito Marquinho Trad.

“Com o apoio da e400A2408 (Copy)quipe técnica da SAS orientamos e guiamos a Íris e conseguimos manter o Renasce. É um trabalho árduo, de formiguinha. Ainda tem muito a ser feito, mas agora sem o medo de precisar fechar”, completou a vice-prefeita Adriane Lopes.

Para o Secretário José Mário Antunes da Silva, a iniciativa é um ganho significativo para a sociedade de Campo Grande. “É o primeiro espaço, o primeiro Centro do Brasil destinado à esse público, que com a assinatura desse termo estaremos dobrando os atendimentos para as crianças com microcefalia.  O recurso que vem via MDS, destinado ao Centro-Dia de Microcefalia, e por termo de parceria, está sendo alocado ao Renascer, para atender num primeiro momento a faixa etária de 0 a 6 anos, e num segundo momento poderemos atingir o público adolescente”, explicou o titular da SAS.

A associação

A ‘Renasce Uma Nova Esperança’ oferece o amparo gratuito à crianças que sofrem de doenças graves como microcefalia, hidrocefalia, paralisia cerebral e holoprosenfalia (mal formação no cérebro e na face). Em seus atendimentos incluem-se fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional e assistências por meio de benefício eventuais.

A entidade está localizada na Avenida Madri, nº 300 – Vila Alba. O horário de funcionamento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 17 horas. O telefone para contato é o (67) 3044-5530.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/