Campo Grande inicia aplicação da 3ª dose de vacina contra Covid-19 em idosos asilados

Campo Grande, 26/08/2021 às 16:27

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau), iniciou nesta quinta-feira (26) a aplicação da terceira dose da vacina contra Covid-19 em idosos com mais de 60 anos que moram em instituições de longa permanência. 

Assim como no início da imunização, os residentes do asilo São João Bosco foram os primeiros receber este reforço na vacina. Conforme a resolução da Comissão Intergestores Bipartite (CIB), poderão tomar o imunizante aqueles idosos que tomaram a segunda dose há até seis meses. 

“Este é um compromisso assumido com a população do nosso Município, visando diminuir a velocidade de propagação do coronavírus e reduzir os óbitos na cidade. Iniciamos a aplicação da terceira dose imediatamente após a autorização do Ministério da Saúde”, comenta o prefeito Marquinhos Trad. 

Campo Grande é a primeira cidade do Estado e uma das pioneiras no País a iniciar a aplicação deste reforço vacinal, que amplia a resposta imune dos indivíduos que recebem a terceira dose. O idoso Aparecido Cândido de Souza, 92 anos, foi o primeiro campo-grandense a tomar o complemento da vacina. Além dele, outros 80 moradores do asilo também irão se vacinar. 

No Município são, ao todo, 24 Instituições de Longa Permanência de Idosos (ILPIs) e todas receberão equipes da Sesau conforme o cronograma a ser divulgado pela secretaria. “Para a aplicação dessas doses, necessitamos de uma grande mobilização de vacinadores, uma vez que são as próprias equipes das unidades básicas que se deslocam até essas instituições”, explica o secretário municipal de saúde, José Mauro Filho. 

A aplicação da dose de reforço segue a preconização do Ministério da Saúde, que autoriza o uso em idosos devido o índice ainda elevado de casos positivos e óbitos em decorrência da Covid-19.  

“Neste momento, conforme acordado em CIB, serão vacinados os idosos asilados. Ao logo da semana e do decorrer dos dias será divulgado o cronograma para todas as ILPIs, e assim todos os moradores destes locais receberão o reforço”, conclui o secretário.