Campo Grande é modelo em Cidade Inteligente e conquista prêmios com plataformas inéditas

Campo Grande, 28/09/2021 às 08:03

A Prefeitura Municipal tem trabalhado para fazer de Campo Grande uma cidade cada vez mais inteligente, onde o uso da tecnologia na gestão, desenvolvendo seus recursos e infraestruturas, em consonância com as inovações disponíveis, vêm cada vez mais facilitar a vida do cidadão. A Capital ocupa a 13º posição entre as cidades mais inteligentes do País, segundo ranking do Connected Smart Cities, que tem como objetivo mapear os municípios com maior potencial de desenvolvimento no Brasil.

Conecta Campo Grande levou pontos de wi-fi para vários locais da cidade.

A Campo Grande Inteligente, que se desenha dia após dia, é resultado do investimento da Prefeitura, que tem como norte para a gestão nos próximos anos quatro eixos: Campo Grande Mais Segura, Campo Grande Desenvolvida e Sustentável, Campo Grande Mais Humana e Cidadã e Campo Grande Inteligente.

Um dos projetos que está em andamento e promete revolucionar ainda mais os serviços é a implantação da Central de Tecnologia, Inteligência, Planejamento e Monitoramento da Gestão Pública Municipal – uma das metas prioritárias do Plano Municipal de Gestão Estratégica. A Central integrará ações e dará eficiência aos serviços de atendimento à população, funcionando como um instrumento de apoio. Ela será responsável por analisar as informações, acionando os órgãos de atendimento necessários empregando todos os recursos possíveis, possibilitando celeridade às respostas das ações pertinentes à segurança pública, trânsito, clima, obras e outros serviços públicos. Será um ambiente com refrigeração especial, redundância de energia e sustentabilidade de todas as formas. A previsão é começar as obras no ano que vem.

Outra meta prevista no Plano é a implantação de uma nova rede municipal de internet de alta velocidade com fibra óptica, interligando as principais unidades administrativas.

Nos últimos anos, foram desenvolvidos diversos projetos que não só desburocratizam os serviços públicos como deram mais transparência e agilidade aos processos. Dentre os principais projetos desenvolvidos estão o Fala Campo Grande, o Conecta Campo Grande, o Alvará Imediato, o Portal de Certidões, o Portal +Obras, o Nota Premiada Campo Grande, o Matrícula On-line e o Monitora Saúde.

A Prefeitura também investiu em fibra óptica, troca de equipamentos, como o Data Center e computadores. Somente em fibra óptica, o município mais que duplicou a rede. Isso ajuda em trabalhos de telemedicina, reuniões on-lines e fez possível a implantação dos diversos sistemas que vieram facilitar a vida das pessoas.

Diretor-presidente da Agetec, Paulo Fernando Cardoso

Dentre esses sistemas, um dos primeiros a ser implantado foi o a Plataforma Fala Campo Grande/156. Vencedora do 1º lugar no IV Concurso de Boas Práticas da Rede Nacional de Ouvidorias, promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU). A ferramenta lançada em 2017 faz a conexão direta entre a Prefeitura e o cidadão e já registrou cerca de 200 mil ordens de serviços e se tornou um dos principais canais de comunicação com a sociedade.

Paulo Fernando Cardoso – diretor presidente da Agência Municipal de Tecnologia da Informação e Inovação (Agetec) – conta que desde 2017, quando começou esta gestão, já foram investidos mais de R$ 20 milhões na compra de equipamentos de rede e computadores.

“Os investimentos que fizemos desde o começo foram preponderantes no momento em que a pandemia nos fez definir novas prioridades, como uma maior necessidade de serviços digitais, aumento do uso da banda com reuniões online e trabalho remoto, além de mais localidades conectadas, o que possibilitou usar o sistema da vacinação em mais de 80 locais”, afirma.

Com o Alvará Imediato, a Prefeitura desburocratizou todo o processo d emissão de alvará de construção.

A Prefeitura também conquistou um prêmio na categoria “Gestão Pública Participativa”, no 2º Congresso Nacional de Prefeitos, em São Paulo, com o projeto “Conecta CG – Qr Code”. O Programa agrega um conjunto de iniciativas em infraestrutura e tecnologia, dentre elas o QR Code, que fornece informações aos cidadãos sobre os horários e as aulas das modalidades ofertadas pela Prefeitura nos parques e praças. Também há códigos em pontos turísticos para que os visitantes possam conhecer a história e a cultura da cidade. As obras também receberam a tecnologia e qualquer cidadão pode acessar o cronograma de evolução da obra, as datas de início e prazo para conclusão, os valores totais e o que já foi gasto, além de disponibilizar para download documentos que são de interesse público, como os contratos.

Já o sistema “Alvará Imediato” aprova digitalmente projetos arquitetônicos, no modelo declaratório, desburocratizando todo o processo. É voltado aos empreendimentos de baixo impacto como construções unirresidencial, multirresidencial de até cinco unidades e projetos de construção de edificações destinadas às atividades de comércio (salão comercial) com área de até 500m².

O Portal de Certidões permite que qualquer cidadão tenha acesso às suas certidões sem custo algum e sem sair de casa.

Com o “Portal de Certidões”, quem precisa emitir certidões negativas de débitos, tanto para pessoas físicas, quanto para empresas, ou serviços imobiliários, passou a fazer isso de casa sem custo nenhum. Assim, serviços antes cobrados e prestados apenas presencialmente passaram a ser gratuitos e on-line.

Outro grande avanço para dar mais transparência nos serviços prestados foi o lançamento do “Portal + Obras” que permite ao cidadão ter acesso às informações do poder público acessando tudo pelo celular. Por meio de um QR Code, o cidadão entra na plataforma que mostra o cronograma de evolução da obra, as datas de início e prazo para conclusão, os valores totais, além de disponibilizar para download documentos que são de interesse público, como os contratos. O cidadão ainda pode visualizar fotos do andamento da obra.

Implantado em 2019, o “Matrícula On-line” trouxe mais agilidade e acabou com as filas de esperas. A plataforma de serviços realiza as matrículas por meio digital durante todo o ano letivo.

O Matrícula On-line acabou com as filas e facilitou todo o processo.

Outro projeto que veio facilitar a vida das pessoas é o “Monitora Saúde” – finalista no 25° Concurso de Inovação no Setor Público realizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o sistema oferece aos gestores o completo controle de todos os processos da vacinação contra a Covid-19, desde o gerenciamento do estoque de vacinas até a programação da segunda dose.

A ferramenta, inclusive, poderá ser usada em diversos outros municípios, já que a Prefeitura de Campo Grande firmou um termo de doação do sistema com o Governo Federal.

“O fato de termos começado a desenvolver o sistema Monitora Saúde em 2020, no início da pandemia, nos deu condições de entregar uma ferramenta completa, alinhada com o que determina o Ministério da Saúde. O módulo de vacinação foi criado a partir do PNI e fomos aperfeiçoando na medida em que novas regras eram apresentadas, como a possibilidade de enviar mensagem no celular do cidadão, agendamento, previsão da segunda dose, controle do estoque e monitoramento de gestantes vacinadas, além da carteirinha digital com autenticação via QR-Code, que mais tarde serviu de modelo para o ministério lançar o documento nacional”, finaliza.