Prefeitura intensifica fiscalização a festas clandestinas e aglomerações

Campo Grande, 17/06/2021 às 22:13

A Prefeitura de Campo Grande começou nesta quinta-feira (17) uma força-tarefa com diversas secretarias para intensificar a fiscalização contra o descumprimento do decreto municipal que estabelece regras para conter a proliferação da Covid. O trabalho deve se estender até o dia 30 de junho.

A concentração dos servidores envolvidos na ação ocorreu em frente ao Belmar Fidaldo e o início dos trabalhos foi acompanhado pelo prefeito Marquinhos Trad. Ao todo, cerca de 120 guardas municipais e 50 fiscais da Vigilância Sanitária de Campo Grande estarão envolvidos no trabalho de finalização.

O prefeito frisou que muitos guardas já estão acostumados em fazer o trabalho, mas é preciso ter paciência e sabedoria para realizá-lo.

“Vocês estão calejados em sair pela nossa cidade para ajudar a salvar vidas. Nós temos uma missão muito importante que é de orientação, mas aqueles que reincidirem em desobedecer tem que chamar a segurança pública para tomar as providências dentro da lei. Eu peço que tenham paciência neste trabalho, que sabemos que é difícil, mas que vai ajudar Campo Grande”, afirmou.

Os fiscais vão se dividir em dois grupos: volante e de trânsito. A volante vai ser coordenada pela Vigilância e vai visitar os mais diversos tipos de estabelecimentos. Serão nove grupos, sete deles responsável por uma região administrativa da Capital e outras duas atuando no Centro.

Já a de trânsito vai atuar diretamente nas vias promovendo blitz nas sete regiões da cidade, nos pontos de maior movimentação, como já ocorre normalmente.

Dois drones ainda vão auxiliar equipes da Guarda Municipal para flagrar festas clandestinas e aglomerações.

O primeiro secretário da Associação Comercial e Industrial de Campo Grande, Roberto Oshiro, elogiou as decisões da Prefeitura em relação a pandemia.

“Sempre foram muito acertadas, até porque o prefeito Marquinhos Trad sempre tomou suas decisões ouvindo toda a sociedade. Quando as decisões são pautadas desta forma, elas são mais acertadas porque ouve os anseios da população”, disse.

Servidores do Procon Municipal, Semadur (Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano), Agetran (Agência Municipal de Transporte e Trânsito), Detran (Departamento Estadual de Trânsito) e PM (Polícia Militar) vão apoiar as ações.