Maio Amarelo

O GGIT Abraça o movimento do Maio amarelo. Desde o dia 11 de Maio de 2011 estamos vivendo a Década de Ação para a Segurança no Trânsito, capitaneada pela ONU e pela OMS. O laço na cor amarela,  traduz a atenção necessária que o assunto do trânsito exige. A grande meta da década é reduzir até 2020 em 50 % o número anual de mortes no trânsito ocorridos no mundo, que hoje beira 1,3 milhões de pessoas. O movimento Maio Amarelo nos conecta a essa meta da década, soando o alerta de que é preciso ter atenção pela vida.Não somente dos órgãos do Sistema Nacional de Trânsito, que de ofício já se ocupam disso, mas de toda a sociedade. O uso do laço por todas as pessoas e entidades nos une num movimento de busca de um trânsito que presencie atitudes mais responsáveis e seguras, gentis e solidárias. Nós somos o trânsito. Cada associação de bairro, escola, igreja, empresa e cada família devem somar. O que cada um de nós fazemos no trânsito é muito importante e pode transformá-lo em vida plena. No ano passado, mais de 700 empresas e entidades, além de governos estaduais e municipais,  apoiaram o movimento e realizaram ações. Quase 300 cidades do Brasil se envolveram nessa causa. Os principais monumentos do Brasil como o Cristo Redententor – RJ, a Cadedral de Brasília – DF, o Obelisco – MS e o Elevador Lacerda – BA, por exemplo, foram iluminados de amarelo. No mundo foram mais de 20 países em vários continentes irmanados pela atenção à vida no trânsito. Mais de 5.000.000 de laços amarelos foram distribuídos no mundo.O mês de Maio é fundamental para nos mostrar que é possível transformarmos esta realidade, e a agenda positiva proposta pelo movimento desde Julho de 2014 trata de pontos fundamentais para que a atenção continue presente em todos os meses do ano. Foram inúmeras caminhadas, palestras, vídeos, adesivagens, iluminações de monumentos e fachadas, além de abordagens educativas no trânsito impactando milhões de pessoas. Vamos nos preparar para o Maio vindouro, pois somente a união de forças é capaz de fazer um trânsito melhor como vem sendo demonstrado em Campo Grande, desde 2011, com a diminuição do número de óbitos. É preciso acreditar que uma outra realidade é possível. Chegou a hora de pensarmos no que cada um de nós pode fazer para que cada dia mais o trânsito possa significar vida em movimento. Coloque o seu laço e faça parte dessa iniciativa de atenção pela vida! Existem materiais de livre uso sobre o movimento.

PÚBLICO ALVO: SOCIEDADE EM GERAL

O Movimento Maio Amarelo nasce com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito de todo o mundo.

O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e, mais do que chamar a atenção da sociedade sobre os altos índices de mortes, feridos e sequelados permanentes no trânsito no país e no mundo.

Ações

Se for dirigir beba “Água”

Palestra na empresa Águas Guariroba

Abertura oficial do Maio Amarelo de 2017 – Campo Grande – 04/05/2017

Palestra e abordagem Escola Municipal Nagen Jorge Saad 04/05/2017

FM educativa 104,7 e AGETRAN Campo Grande – 04/05/2017

Palestra na Escola Estadual Consuelo Muller – 05/05/2017

Abordagem educativa na Câmara Municipal de Campo Grande – 08/05/2017

Oficina de teatro FETRAN – PRF e AGETRAN – 08/05/2017

Clube do Setinha na Associação Juliano Varela – 09/05/2017

Palestra na Cidade dos Meninos – 10/05/2017

Abertura Maio Amarelo Assembléia MS – 11/05/2017

Abordagem educativa 10° Batalhão PM, PMCG e AGETRAN – 11/05/2017

Dia D AGETRAN – 11/05/2017