Rota da Integração

O que é?

A RILA (Rota de Integração Latino Americana), também chamada de Corredor Biocêanico, é um projeto de integração econômica e produtiva na área de logística. A empreitada para a implantação da RILA contou com iniciativa do Setlog (Sindicato das Empresas de Transporte de Cargas e Logística).
A efetivação dessa rota fará a interligação do Brasil com os portos chilenos de Iquique e Antofagasta, transformando Campo Grande em um importante centro de distribuição logística de produtos de exportação e importação para o Brasil, Paraguai, Argentina e Chile, além do mercado asiático.
A Rota da Integração vai encurtar a distância do Brasil até o mercado asiático, o principal consumidor de commodities do mundo. A produção chegará aos portos chineses de uma maneira mais competitiva, com estimativa de redução de 14 dias de transporte marítimo e redução de custo por container de mais de mil dólares.
A ponte a ser construída sobre o rio Paraguai, em Porto Murtinho, é um dos destaques do projeto. O valor da obra foi estimado em US$ 85 milhões, com recursos financiados por Itaipu Binacional.

Desenvolvimento Integral

A Rota beneficiará substancialmente a economia dos países e o desenvolvimento das cidades, neste caso, com destaque para o turismo. A RILA tem despertado a atenção não só de empresários e governos, mas sobretudo, da comunidade nacional e internacional.
Mais que um tráfego de mercadorias, a nova rota será um fator de integração aos demais territórios, uma vez que há muita riqueza cultural, paisagística e econômica nas regiões cortadas pela rodovia. Atualmente não existe uma rota que junte as belezas do Pantanal, de Bonito, do Chaco paraguaio, dos Andes, do deserto do Atacama e as praias do Pacífico.

Papel da UniRILA

A Rede Universitária da Rila (UniRila) começou a ser criada em 2016, mas foi constituída, oficialmente, em 2018 . Ela tem como objetivo o fortalecimento de ação estratégica para a América do Sul. Com estas ações as Universidades extrapolam as suas fronteiras acadêmicas, gerando conhecimento visando as mudanças que acontecerão nos próximos anos na extensa região atingida pelo Corredor Bioceânico.

Notícias Relacionadas


Transparência

CAPITAL RECEBE CONVITE PARA PARTICIPAR DA ROTA DE DESENVOLVIMENTO BIOCEÂNICA

Carta de Serviços da Saúde

SECRETÁRIO DESTACA PROTAGONISMO DE CAMPO GRANDE NA ROTA DE INTEGRAÇÃO LATINO-AMERICANA

NOTICIA

PREFEITURA DISCUTE BENEFÍCIOS DA ROTA BIOCEÂNICA PARA CAMPO GRANDE

NOTICIA

EMBAIXADORES ASIÁTICOS VISITAM CAMPO GRANDE EM BUSCA DE INFORMAÇÕES SOBRE A ROTA BIOCEÂNICA