Acórdão JURAD n.4/2003