CASSIANO CANGUSSU

SUPERINTENDENTE DE ALIMENTAÇÃO ESCOLAR - SUALE

Telefone: 2020-3920
E-mail: merenda@semed.campogrande.ms.gov.br

Das Competências da Superintendência de Alimentação Escolar
Art. 19. A Superintendência de Alimentação Escolar, diretamente subordinada ao Secretário Municipal, compete:

I – acompanhar e supervisionar o processo de planejamento, execução e avaliação das ações pertinentes ao desenvolvimento dos programas de nutrição e abastecimento alimentar;

II – supervisionar a elaboração das diretrizes e normas para a execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

III – articular com órgãos e entidades para a consecução dos objetivos dos programas alimentares;

IV – propor normas operacionais de funcionamento para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelo Órgão Central e escolas municipais;

V – receber e analisar os documentos para abertura de processos de contratos de fluxo contínuo, com observância às normas e princípios para emissão de empenho, liquidação e pagamento;

VI – elaborar relatórios, boletins e informações que permitam o acompanhamento das atividades orçamentárias da SEMED;

VII – elaborar demonstrativos da despesa autorizada e realizada dos empenhos e provisões, por programas de trabalho, fonte de recursos e elemento de despesa, para a tramitação de processos administrativo-financeiros da SEMED;

VIII – participar da elaboração de modernização da gestão da SEMED;

IX – participar da elaboração e implementação do planejamento estratégico da SEMED;

X – proceder à elaboração de relatório das atividades desenvolvidas;

XI – desempenhar outras atividades correlatas;

XII – executar outras atividades correlatas.

 

GERÊNCIA DE SUPERVISÃO DA ALIMENTAÇÃO:
Nome: José Rocha
Telefone: 2020-3923

Art. 20. À Gerência de Supervisão da Alimentação, diretamente subordinada à Superintendência de Alimentação Escolar, compete:
I – coordenar, acompanhar e supervisionar o processo de planejamento, execução e avaliação das ações pertinentes ao desenvolvimento dos programas de nutrição e abastecimento alimentar;

II – coordenar a elaboração das diretrizes e normas para a execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

III – estabelecer mecanismos de integração com as escolas municipais e EMEIs para a definição dos gêneros alimentícios a serem adquiridos;

IV – coordenar o processo de elaboração de normas operacionais de funcionamento para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelo Órgão Central, escolas municipais e EMEIs;

V – proceder à elaboração de relatório das atividades desenvolvidas;

VI – executar outras atividades correlatas.

 

DIVISÃO DE ABASTECIMENTO E DISTRIBUIÇÃO:
Nome: Andreia/Michelle
Telefone: 2020-3924

Art. 21. À Gerência de Programação Alimentar, diretamente subordinada à Superintendência de , compete:
I – planejar, acompanhar, controlar e avaliar a execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

II – criar mecanismos de adequação dos alimentos oferecidos aos hábitos culturais e alimentares da região;

III – prestar orientação técnica aos recursos humanos responsáveis pela execução de um programa de alimentação com qualidade;

IV – oportunizar condições para o desenvolvimento e incorporação de hábitos de higiene alimentar;

V – orientar e supervisionar o cumprimento de normas de higiene pelos responsáveis na manipulação, preparação e distribuição dos alimentos;

VI – elaborar e coordenar cardápios variados e de melhor qualidade nutricional;

VII – participar de reuniões, cursos, treinamentos, encontros e outros eventos na área de alimentos;

VIII – cumprir as normas e diretrizes emanadas dos órgãos superiores;

IX – estabelecer diretrizes e normas para a execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

X – propor normas operacionais de funcionamento para a qualidade dos serviços prestados pelo Órgão Central, escolas municipais e EMEIs;

XI – planejar, executar e coordenar a capacitação dos recursos humanos responsáveis pela execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

XII – realizar avaliações nutricionais às crianças, aos adolescentes e aos escolares atendidos pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar, atualizando periodicamente, se necessário;

XIII – realizar palestras e atividades de educação nutricional às crianças, aos adolescentes e aos escolares atendidos pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar;

XIV – prestar apoio técnico-administrativo à execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar, através dos serviços de copa e cozinha, comunicações e demais atividades administrativas;

XV – estabelecer mecanismos de acompanhamento e controle do sistema de abastecimento, estoque e armazenamento dos produtos alimentares;

XVI – acompanhar o processo de compra dos utensílios, equipamentos, materiais e produtos necessários ao Programa Municipal de Alimentação Escolar;

XVII – acompanhar e avaliar o sistema de transporte e distribuição dos gêneros alimentícios;

XVIII – emitir as guias de distribuição de gêneros alimentícios às unidades atendidas pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar;

XIX – elaborar o cronograma anual de abastecimento de alimentos;

XX – receber, analisar e cadastrar, no sistema informatizado, os dados fornecidos pelas unidades atendidas;

XXI – manter atualizado o cadastro das unidades referente ao número de crianças e adolescentes escolares atendidos pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar;

XXII – elaborar relatórios das atividades desenvolvidas;

XXIII – executar outras atividades correlatas.

DIVISÃO DE PROGRAMAÇÃO ALIMENTAR:
Nome: Michele
Telefone: 2020-3921

Art. 22. À Gerência de Abastecimento e Distribuição, diretamente subordinada à Superintendência de Alimentação Escolar, compete:
I – receber, armazenar, distribuir e controlar o estoque dos alimentos adquiridos pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar;

II – zelar pelo cumprimento das normas técnicas que assegurem as condições de qualidade no armazenamento dos produtos;

III – zelar pelo cumprimento das normas de higiene nas instalações, equipamentos e utensílios, para evitar a contaminação dos alimentos;

IV – propor normas operacionais de funcionamento para a melhoria da qualidade dos serviços do Órgão Central, das escolas municipais e das EMEIs;

V – criar mecanismos de rigoroso controle para eliminar os riscos de expiração de validade dos alimentos e deterioração;

VI – proceder à distribuição dos gêneros alimentícios às unidades atendidas pelo Programa Municipal de Alimentação Escolar, executar e controlar as operações de carga, transporte e descarga dos produtos;

VII – avaliar, periodicamente, o sistema de transporte e distribuição, sugerindo mudanças necessárias;

VIII – elaborar relatórios das atividades desenvolvidas;

IX – executar outras atividades correlatas.

 

DIVISÃO DE APOIO ADMINISTRATIVO:
Nome: Ilian
Telefone: 2020-3922

Art. 23. À Gerência de Apoio Administrativo, diretamente subordinada à Superintendência de Alimentação Escolar, compete:
I –    prestar apoio técnico-administrativo à execução do Programa Municipal de Alimentação Escolar;

II – estabelecer mecanismos de acompanhamento e controle do sistema de abastecimento, estoque e armazenamento dos produtos alimentares;

III – propor normas operacionais de funcionamento para a melhoria da qualidade dos serviços prestados pelo Órgão Central, escolas municipais e EMEIs;

IV – elaborar relatórios das atividades desenvolvidas;

V – executar outras atividades correlatas.