Programa de Arborização Urbana e Projeto Via Verde

programa-arborizacao-urbanaCampo Grande é uma das cidades mais arborizadas do país. Enquanto a Sociedade Brasileira de Arborização Urbana (SBAU) define 15 m²/ habitante como o índice mínimo ideal de cobertura vegetal, Campo Grande atinge 74 m²/habitante. É necessário, além de manter, recompor o índice de cobertura vegetal da capital. Por isso foi criado o Programa de Arborização Urbana.

O programa visa aproveitar-se dos efeitos benéficos ambientais e paisagísticos da arborização, que contribui para o controle da poluição atmosférica, sonora e visual na cidade, promovendo a melhoria da qualidade de vida dos seus moradores. O objetivo é incrementar o número de árvores, porque algumas regiões da cidade são menos arborizadas que outras.

O efeito imediato da arborização contra o aquecimento global é perceptível pelo controle da temperatura, pois sua influência está relacionada ao controle da radiação solar, da ventilação e da umidade relativa do ar. A educação ambiental também é meta do programa e por isso já foram realizados plantios em escolas do município, além da produção de um guia prático para a arborização urbana, entre outras ações.

A principal meta do Programa é proporcionar um incremento na cobertura vegetal arbórea da cidade, principalmente nas regiões urbanas cujo índice de cobertura vegetal é inferior à média da capital. Para atingir essa meta foram criadas sete linhas de ação estratégicas, sendo elas: plantios para proteção de cursos d’água e nascentes; arborização de áreas livres; arborização de canteiros centrais; arborização de áreas institucionais; arborização de passeio público; educação ambiental; proteção à arborização existente e produção de mudas.

Uma das ações do Programa de Arborização Urbana é o Projeto Via Verde, que trata da arborização de passeios públicos em áreas residenciais e visa trabalhar em conjunto com a população local, envolvendo a comunidade de bairros e regiões menos arborizadas, por meio do plantio de espécies arbóreas apropriadas.

E para que toda a população tenha acesso e informação dos locais onde ocorreram os plantios a Semadur disponibilizou, de forma georreferenciada, a localização dos plantios já realizados em Campo Grande.

Desta forma, para que se tenha acesso às informações é necessária a instalação, em seu computador ou smartphone, do aplicativo Google Earth e então será possível fazer o download do arquivo abaixo.

logo-via-verde

CLIQUE AQUI E SAIBA ONDE FORAM REALIZADOS OS PLANTIOS

A arborização das calçadas é um importante componente ambiental da cidade, por isso o projeto foi pensado como alternativa para recompor os espaços vazios existentes e proporcionar uma melhoria na qualidade de vida dos campo-grandenses.

Pretende-se assim, além do incremento na arborização, fazê-la de forma planejada, evitando a concorrência da vegetação com os elementos urbanos e, consequentemente, evitando ou diminuindo futuras ações de manejo para adequação ao espaço.

Para que seja feito o plantio, o morador da região preenche um cadastro de participação no projeto e recebe instruções sobre a manutenção da sua muda sendo então o responsável pelo trato da espécie.

A implantação do Projeto inicia-se com a definição dos locais em que são realizadas as ações, priorizando aqueles cujo índice de cobertura vegetal encontra-se com valores inferiores ao da média do município, tomando-se por base o Plano Diretor de Arborização Urbana.

Parcerias

A iniciativa privada participa assumindo os custos operacionais do plantio. Nos tutores são afixadas plaquetas em ambos os lados com a logomarca do parceiro.

Para os interessados em firmar parcerias mais informações podem ser obtidas pelos telefones: 4042-2743 – dfaparborizacao@hotmail.com.

Abaixo temos as informações dos plantios realizados em cada ano separadamente.