Sedesc abre chamamento para formação de Bancos de Talentos da Economia Criativa

7Z2A8419-Copy

Campo Grande, 30/05/2019 às 16:30

A Prefeitura Municipal de Campo Grande MS por meio da Sedesc (Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e de Ciência e Tecnologia) publicou na edição desta quinta-feira (30) no Diogrande (Diário Oficial de Campo Grande), o edital abrindo processo de seleção para composição do Banco de Talentos da Economia Criativa da Sedesc.

O projeto define que esse Banco de Talentos seja formado por artesãos, artistas e profissionais que atuam no setor da Economia Criativa para participarem de atividades, eventos e ações deste setor que venham a ser realizados pela Sedesc no ano de 2019.

7Z2A8420 (Copy)Economia criativa é o setor econômico formado pelas indústrias criativas, conjunto de atividades econômicas relacionadas a produção e distribuição de bens e serviços que utilizam a criatividade e as habilidades dos indivíduos ou grupos como insumos primários.

“Considerando que o objetivo da economia criativa é criar uma rede de artistas e empresários que tenham a capacidade de promover um crescimento sustentável no setor criativo, a proposta da Sedesc acompanha o projeto de fortalecimento do desenvolvimento econômico de Campo Grande. A partir da formação desse banco de talentos pretendemos criar ações que resultem em geração de renda para os integrantes do setor criativo”, explica Mara Bethânia Gurgel, secretária adjunta da Sedesc.

Ações de impacto:

Vários eventos já estão sendo pensados pela Sedesc aproveitando a força que o setor da economia criativo oferece.

“Estamos também buscando parcerias com o governo do Estado e instituições de porte, como as universidades, além das parcerias com os órgãos municipais, para realizar eventos e ações pontuais de grande impacto, aumentando a visibilidade dos profissionais desse importante setor e, consequentemente, melhorando a renda familiar”, completa Mara Bethânia.

O edital publicado hoje destaca que “O Banco de Talentos da Economia Criativa da Sedesc constitui-se de um instrumento de Gestão Estratégica que possibilitará o cadastramento de artesãos, artistas e profissionais que atuam no setor da Economia Criativa para quando da realização de atividades que fomentem o setor seja realizado cruzamento desses perfis com o demandado pela atividade específica, quando necessário e possível no decorrer do ano de 2019”.

Setores:

Os segmentos do setor da Economia Criativa abrangidos para efeito do presente edital estão divididos em quatro grandes áreas e somam 13 segmentos, a saber:

  • Consumo:
  • Design: gráfico, multimídia, de interiores e de objetos;
  • Arquitetura: paisagens e ambientes;
  • Moda: desenho de roupas, acessórios, calçados e modelistas;
  • Publicidade: atividades de publicidade;

2 – Mídias:

  • Editorial: edição de livros, jornais, revistas e conteúdo digital;
  • Audiovisual: arte digital, animação; curta metragem, vídeos;

3 – Cultura:

  • Expressões Culturais Tradicionais: artesanato e gastronomia;
  • Artes visuais (desenho, pintura, escultura, fotografia);
  • Artes cênicas (teatro e dança);
  • Música: gravação, edição e mixagem de som, criação e interpretação musical;

4 – Tecnologia:

  • Pesquisa & Desenvolvimento: desenvolvimento experimental e pesquisa em geral (exceto biologia);
  • Biotecnologia: pesquisa em bioengenharia;
  • Tecnologias da Informação e Comunicação (TIC): desenvolvimento de softwares, sistemas e robótica

O processo de seleção se dará a partir da inscrição dos interessados, sendo prioridade contemplar inscritos que estejam alinhados às premissas da Economia Criativa: criatividade, sustentabilidade, diversidade cultural e inovação. Serão selecionados os inscritos que no processo de seleção tiverem alcançado pontuação mínima de 70 pontos, sendo o processo classificatório realizado por segmento.

Detalhes do Edital estão na edição do Diogrande acessando o link a seguir: http://portal.capital.ms.gov.br/diogrande

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/