Artesanato

bugres_conceicaoA capital é uma vitrine do artesanato do estado exibindo e m vários espaços a diversidade dessa produção. Um dos ícones nasceu da inspiração de Conceição Freitas da Silva, a “Conceição dos Bugres”. Suas esculturas de bruguinhos em madeira ganharam o mundo e a admiração de artistas e críticos. Os descendentes de artesã continuam mantendo viva essa tradição.

O artesanato indígena, com destaque para o Terena e Kadiwéu, também é muito presente na cidade. Nas produções dos Terena os motivos tribais estão em cerêmicas, adornos e objetos feitos com palha, barro e tecelagem. Já no artesanato Kadiwéu, a matéria-prima é o barro.

Em resultado de programas desenvolvidos em polos turísticos, a produção recente agregou novas tendências e materiais, que podem ser encontrados em Campo Grande. Peças esculpidas em osso e a utilização de couro de peixe são alguns dos destaques da atual safra. Esculturas de tuiuiús, garças, onças e outras espécies típicas da região também são muito procuradas por turistas.

A cidade, cuja economia se baseia fortemente na pecuária, também não deixa de desejar com seus artesanatos ruais, a exemplo do arreio, do berrante e agroprodutos. Há pouco tempo, o artesanato rural recebeu a devida valorização no munocípio ganhando um espaço para exposição e venda na Morada dos Baís.

Em prédios públicos, como a Casa do Artesão, é possível encontrar grande variedadede peças. O prédio, construído na década de 1920, foi a primeira sede do Banco do Brasil e hoje comercializa artesanato, licores e peças indígenas. Destaque também para o espaço da praça Imigrantes, com seus trabalhos manuais. O artesanato Terena tem um espaço à cultura de sua importância para a comunidade: o memorial da Cultura Indígena. Existem muitos outros locais na cidade que comercializam atersanato: Feira Central; Mercado Municipal; Shopping Campo Grande; Quiosque da Arte; Camelódromo, etc.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/