INDÍGENA

COORDENADORIA DE DEFESA DAS POPULAÇÕES E COMUNIDADES INDÍGENAS

Coordenador: Ivan dos Santos

cb6adf86-8cfa-4e55-bfe5-5ed39178fdd8

Tem como objetivo propor, implementar e coordenar programas, serviços, projetos e ações que visem a superação das desigualdades, defendendo o direito das comunidades e populações indígenas urbanas, visando a efetivação das políticas públicas , melhorando assim a qualidade de vida, promovendo o fortalecimento de seus valores culturais.


 

ÚLTIMOS EVENTOS

COM APRESENTAÇÃO TÍPICA, PREFEITURA INICIA A SEMANA DE VALORIZAÇÃO DA CULTURA INDÍGENA

7Z2A0328 (Copy)

 

A Prefeitura Municipal de Campo Grande, por intermédio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos, liderada pela Coordenadoria de Defesa das Populações e Comunidades Indígenas, iniciou na manhã deste sábado (13), com a tradicional “Dança do Bate-pau”, a Semana da Valorização da Cultura Indígena.

O evento é o primeiro de outros tantos que serão realizados nesta semana que antecede o dia 19 de abril,  quando se comemora o Dia do índio. A semana promove a inclusão e a divulgação da cultura, artesanato e gastronomia indígena.7Z2A0256 (Copy)

“Nossa gestão é a primeira a criar a coordenadoria de Defesa das Populações e comunidades Indígenas, onde a pessoa que ocupa o cargo foi escolhida pela comunidade indígena. Todo povo tem sua história: libaneses, portugueses, japoneses, e os índios também.  Não se pode deixar morrer a tradição, os costumes, danças. Estamos sempre ao lado da comunidade indígena”, declarou o prefeito.

O Coordenador de Defesa das Populações e Comunidades Indígenas, Ivan dos Santos, ressaltou a importância da semana para a divulgação das riquezas da cultura indígena. “Este e o início de uma semana muito importante para os povos Indígenas, pois serve para uma maior divulgação da riqueza da cultura indígena, através de suas apresentações, comidas típicas e artesanato. Além disso, temos uma semana dedicada a discussões de suma importância para o contexto urbano indígena de Campo Grande”, avaliou.

O subsecretario de Defesa dos Direitos Humanos, Ademar Junior, também destacou a visibilidade dada à população indígena e os diversos projetos já realizados para a comunidade. “Mostra o comprometimento da gestão municipal com toda a população de Campo Grande. Já tivemos muitas conquistas: projeto Censo Cidadão, Regularização Fundiária ,Projeto Qualifica Mais Indígena, Jogos Indígenas, entre outros”, lembrou.


 

PREFEITURA PROMOVE CONCURSO DE MISS E MISTER INDÍGENA PARA VALORIZAR CULTURA

IMG_8589

Para promover a cultura indígena e integrar as aldeias urbanas, a Prefeitura de Campo Grande, por meio da Subsecretaria de Defesa dos Direitos Humanos, da Coordenadoria de Defesa da População e Comunidade Indígena, promoveu o primeiro Concurso Miss e Mister Indígena da Capital. Nesta terça-feira foi a entrega do troféu aos vencedores.

IMG_8624O prefeito Marquinhos Trad entregou o troféu aos vencedores e falou da importância de se promover a cultura.

“Hoje, estamos aqui entregando esta premiação, que é muito importante para resgatar e promover a cultura indígena dentro das aldeias urbanas”, afirmou.

Escolhido como Mister Indígena, Jean Antônio, de 18 anos, da Aldeia Marçal de Souza, falou sobre a importância do evento para a promoção da cultura indígena.

“Fiquei muito feliz por ter ganhado esse concurso e a importância dele é porque resgata a nossa cultura, que está muito desaparecida ultimamente. Além disso, apresenta a  beleza indígena para as pessoas”, disse.

Cacique da Aldeia Marçal de Souza, Daniel da Silva viu o evento com alegria e se disse satisfeito por ter um representante entre os escolhidos.

“Levamos o Mister, a Tainá, da comunidade vizinha, levou o Miss. Vemos isso com muita importância, porque resgata a autoestima da nossa comunidade. Estamos na cidade, temos situações muito vulneráveis para nossos jovens, e eventos como este que a prefeitura está promovendo dá a oportunidade  de se manter nossa cultura e divulgar cada vez mais”, afirmou.

IMG_8622Já o cacique José Augusto Nimbu, que representou a vencedora Tainá Fonseca, da Aldeia Urbana Estrela da Manhã, afirmou ser necessário haver eventos como este para promover a cultura indígena.

Muito importante para nós esse concurso, parabenizo a equipe e o prefeito por divulgar a cultura indígena aqui em Campo Grande. “Nós somos considerados urbanos, embora não deixemos de ser indígena e é muito importante falar da nossa cultura”, concluiu.

O concurso aconteceu no mês de dezembro e participaram três concorrentes para Mister Indígena e cinco para o Miss Indígena. O objetivo do evento é promover e resgatar a cultura indígena. Participaram do evento as aldeias Marçal de Sousa, Estrela da Manhã, Água Funda e Santa Mônica.

 


 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/