Profissionais da Reme participam de seminário sobre o programa “Reviva Campo Grande”

IMG_20190430_144545194

Campo Grande, 30/04/2019 às 17:19

Profissionais da Rede Municipal de Ensino (Reme), participaram na tarde desta terça-feira (30), do seminário “Reviva Campo Grande: Conhecendo o Programa – abrangência, impactos e perspectivas”. O evento aconteceu no Centro de Formação da Secretaria Municipal de Educação (Semed) e contou com a participação de técnicos e coordenadores de diversas secretarias e agências da gestão municipal, como Agência Municipal de Meio Ambiente e Planejamento Urbano (Planurb), Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur) e Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran).

Os coordenadores do programa falaram sobre o impacto e abrangência das obras de requalificação da Rua 14 de Julho, além da modificação não só da forma, mas também da função do seu entorno. O seminário teve o objetivo de informar os professores formadores da Semed sobre o Plano de Implementação do Programa de Educação Ambiental (PEA), especificamente para as obras de requalificação da Rua 14 de Julho.

Também foram abordados no seminário, os aspectos arquitetônicos e históricos do programa, a evolução da obra e os benefícios socioambientais. A consultora socioambiental do Reviva Campo Grande, Juliana Casadei, ressaltou a importância em compartilhar informações do Programa com profissionais da educação. “Esse contato é decisivo para que as obras de requalificação da Rua 14 de Julho possam atingir efeitos que vão além da intervenção física na via, ressaltando o resgate do dinamismo econômico e cultural da região”.

As escolas da Reme participam do programa por meio de ações de educação ambiental e patrimonial, que foram abordadas pelo professor e doutorando em Geografia, Rafael Bastazini, que atua na Gerência do Ensino Fundamental e Médio (Gefem). Ele destacou que a capacitação dos técnicos prevê outras ações relacionadas ao Programa, como a explanação de detalhes e a importância da Rua 14 de Julho na formação dos professores.

“Podemos fazer uma abordagem pedagógica da obra, desencadear uma série de debates em sala de aula. É possível trabalhar a geografia e geografia regional, por exemplo, analisando as redes e as hierarquias urbanas, a apropriação dos espaços. Ensinar os alunos a compreender e analisar dados espaciais e estatísticos, abordar a compreensão do ser humano enquanto agente modificador do espaço”.

A professora técnica da Gefem, Sônia Inês Sanches Ribeiro, conta que mora na Rua 14 de Julho e sempre vê a movimentação e o projeto sendo executado, mas não o conhecia profundamente. “Agora tenho conhecimento para colocar para outras pessoas como vai ficar a via. Do ponto de vista pedagógico, podemos perceber que trata-se de uma obra multidisciplinar e é importantíssima essa capacitação”.

A secretária municipal de Educação, Elza Fernandes, destacou a ousadia do projeto Reviva Campo Grande em realizar uma revitalização da região central. “Com certeza esta obra será um grande orgulho para quem mora em Campo Grande e este seminário é importante para compreendermos melhor todo o projeto”.

O superintendente de Gestão das Políticas de Educação da Semed, Waldir Leonel, explicou que a Reme já desenvolve projetos nas áreas de educação patrimonial, educação ambiental e cidadania, além de atividades na área de educação para o trânsito, que é o mesmo foco do programa. “Por isso entramos nessa parceria, para fazer um trabalho de sensibilização da comunidade, desenvolvendo ações articuladas com o trabalho que a nossa superintendência já faz”, afirmou.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/