Procon Municipal exige dos bancos cumprimento da lei que estabelece tempo nas filas

procon

Campo Grande, 11/07/2019 às 16:16

A Prefeitura de Campo Grande, por meio do Procon Municipal, desencadeou na última segunda-feira (8) uma operação que está percorrendo agências bancárias da Capital, a fim de cobrar das instituições financeiras o cumprimento da Lei Municipal 4.303, que prevê o tempo máximo de espera nas filas. Até agora já foram aplicadas 139 multas.

De acordo com o subsecretário do Procon Campo Grande, Valdir Custódio, a ação acontece após expressivo número de denúncias sobre o desrespeito e não cumprimento da legislação vigente, o que fez com que o órgão adotasse nova postura perante os bancos.

“O compromisso do Procon é com o consumidor. Antes nós aplicávamos apenas uma multa de R$ 250,00 (duzentos e cinquenta reais) por visita, mas, como as denúncias se tornaram frequentes, resolvemos aplicar a mesma multa, porém, por pessoa que se sentir desrespeitada”, disse Valdir.

A operação segue até o dia 17 de julho e já percorreu agências da Caixa Econômica Federal, Banco do Brasil e Bradesco.

O subsecretário alerta: “Qualquer consumidor que se sentir lesado deve pegar a senha de atendimento e pedir para que o caixa anote o horário que o atendimento foi realizado. Com isso, já ficará materializada a demora, que é de 15 minutos para os dias de atendimento comum, de 20 minutos para os dias de pagamento de salários e de 25 minutos para os dias que antecedem ou são posteriores a feriados prolongados”.

Custódio explica que o consumidor poderá acionar o Procon Campo Grande pelo Whats App 67 98469-1001. “No caso de denúncia, o consumidor pode acionar o Procon. É só mandar a foto da senha com a anotação do horário de atendimento”.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/