Prefeitura e Governo entregam material para construção das primeiras 40 casas

@21 Foto: Marlon Ganassin

Campo Grande, 06/06/2018 às 17:32

A construção das 40 casas na comunidade Bom Retiro estão garantidas. Nesta quarta-feira (6), o prefeito Marquinhos Trad e o governador Reinaldo Azambuja entregaram três caminhões com bloco, cimento, canaletas, tijolos, areia e pedra para a construção das residências das famílias que residiam na Cidade de Deus.

Durante a cerimônia o prefeito lembrou que a construção das casas é o resultado da harmonia e parceria com o Governo do Estado de Mato Grosso do Sul. “É muito importante a gente devolver à população os impostos que ela paga. É isto que estamos fazendo. Estamos trabalhando com recursos próprios ou com a ajuda dos recursos do Governo do Estado. No caso específico, nunca houve negativa por parte do Governo do Estado em auxiliar a Prefeitura de Campo Grande. Os agentes públicos são eleitos para atenderem naquilo que a população precisa e, neste caso, estamos atendendo ao sonho da casa própria, que é o sonho de todos nós. Estamos fazendo aquilo que outros não faziam, por causa de siglas partidárias. Aqui não. O pensamento é o melhor para Campo Grande”, disse Marquinhos.@8

O governador Reinaldo Azambuja destacou a parceria com a Prefeitura e o modelo de construção por meio de mutirão, com a mão de obra qualificada pela Funsat e o Governo do Estado fornecendo os materiais.

“A qualidade das casas serão boas, com piso, forro, reboco interno. E quando se soma esforços, começamos a resolver problemas e, principalmente, devolver dignidade às famílias”, disse.

Para o diretor-presidente da Fundação Social do Trabalho de Campo Grande (Funsat), Cleiton Franco, a entrega dos materiais garante o início imediato da construção das casas.

“Vamos começar a executar a obra, que é um sonho dos moradores. Esta obra está sendo construída pelos trabalhadores, que foram qualificados pela Funsat. A Agencia Municipal de Habitação (Emha) entrou com a área e o Governo do Estado entrou com o recurso, no montante de R$ 4,9 milhões”, explicou.

O Diretor-Presidente da Agência Municipal de Habitação, Eneas José de Carvalho Netto, acrescentou que a obra está sendo construída pelos futuros moradores, que foram qualificados para trabalhar na construção civil pela Funsat.  “A Funsat está acompanhando a obra e a Emha oferecendo todo aparato técnico que temos na habitação de interesse social”, disse Enéas.

Ao fazer a vistoria, a equipe da Prefeitura e do Governo se depararam com os trabalhadores construindo as fossas e Rony Leão falou da animação dos trabalhadores.

“Aqui a gente vê a motivação dos trabalhadores na construção das casas. Todos nós estamos satisfeito com a Prefeitura e Governo, por resolver nossos problemas e não existir mais aqueles protestos em rodovias e até mesmo em frente aos órgãos público”, comentou Rony.

IMG_4407

Leidiane Ortiz

Leidiane Ortiz fez o curso de eletricista na Funsat e comemora o apoio. “Está sendo muito gratificante trabalhar na edificação das casas. Nós ganhamos um salário, cesta básica e o almoço,o que tem nos ajudado muito”, disse Leidiane.

O canteiro de obras vai dar suporte para a construção das 136 casas dos moradores do Bom Retiro. No galpão haverá espaço de convivência, refeitório, banheiros masculinos e femininos com duchas, lavabos, almoxarifado e escritório da Engenharia. O espaço é motivo de comemoração para os moradores, pois representa a concretização do sonho de ver a casa própria ser construída.

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/