Prefeito acompanha recuperação de estragos provocados pela chuva

@5

Campo Grande, 21/04/2017 às 13:44

O prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad, acompanhou o trabalho de recuperação de estragos provocados pela chuva que caiu na Capital nos últimos dias. Marquinhos e o secretário de Infraestrutura e Serviços Públicos, Rudi Fiorese, visitaram ruas dos bairros Cidade Morena e Moreninhas, castigados pela chuva atípica .

“Há quatro anos a cidade está sem manutenção. Quando não tem vazão da água, evidentemente que ela volta contra a pavimentação asfáltica e começa a ter pontos de estrangulamento, entrando nas residências, levando as terras das regiões não asfaltadas para o local onde há pavimentação. Por isso, a limpeza e revisão da drenagem é o ponto que já determinamos e está sendo executado em Campo Grande”, declarou o prefeito.

Marquinhos ponderou que a chuva dos últimos dias foi atípica e teria prejudicado qualquer outra região, mas destacou o trabalho que já foi feito em alguns bairros e onde não há mais problema.

@7

“Nos três últimos dias choveu o que estava previsto para dois meses. Infelizmente, não faziam manutenção. Você imagina o tanto de sujeira que foi parar nos bueiros no tempo que a cidade ficou sem coleta, na gestão passada. Nos locais onde já fizemos a manutenção não há estrangulamento”, comentou o prefeito.

Durante a visita Marquinhos recebeu pedidos de providência em outros locais castigados, mas agradecimento pela rápida recuperação dos trechos danificados. “Moro aqui há 30 anos e há dois anos não faziam a manutenção que está fazendo agora. Não arrumavam nada. Outros bairros aqui perto não são asfaltados e quando chove vem tudo para cá”, explicou o veterinário Márcio Araújo, 38 anos.

A Secretaria de Infraestrutura e Serviços Públicos planeja concluir em uma semana os estragos. Já neste sábado, se não chover, será refeito o pavimento dos trechos danificados nas ruas Fraiburgo e Minas Nova, que são as vias de acesso às Moreninhas. Na Fraiburgo, já na quinta-feira, foi aplicado um revestimento provisório com o reaproveitamento do pavimento (depois de triturado), retirado das ruas onde já foi feito o tapa-buraco.

Neste feriado de Tiradentes, desde as primeiras horas da manhã, oito caminhões e duas pá-carregadeiras estão no bairro para remover a areia acumulada em algumas ruas pavimentadas da Cidade Morena.

Na esquina da Camocim com a Israelandia, onde até ontem à tarde a enxurrada estava empoçada e hoje pela manhã havia muita areia acumulada. “Este trecho já tem drenagem, mas as bocas de lobo e a tubulação não foram conectadas porque não foi feita a drenagem mais abaixo, que levará a enxurrada para desaguar no Córrego Gameleira”, explica o secretário.

Para resolver o problema de alagamento da Cidade Morena e melhorar o escoamento da enxurrada das Moreninhas, a prefeitura planeja retomar o quanto antes as obras de contenção de drenagem e contenção de enchentes às margens da Avenida Gury Marques, onde já foi instalada uma tubulação que atravessa a pista e vai até o Córrego Gameleira.

A obra conta com recursos da Caixa Econômica Federal (em torno de R$ 2,2 milhões), mas terá uma contrapartida da Prefeitura porque as planilhas serão corrigidas, visto que foram calculadas em 2014 e estão defasadas.

 

 

 

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/