Doenças do aparelho circulatório matam grande parte dos homens entre 20 e 59 anos

IMG_20170531_085241

Campo Grande, 14/07/2017 às 17:23

Dados da Coordenadoria de Estatísticas Vitais (Cevital) da Secretaria Municipal de Saúde (Sesau) apontam que as doenças do aparelho circulatório são uma das principais causas de morte entre homens de 20 a 59 anos, em Campo Grande, ficando atrás apenas das chamadas causas externas (acidentes e violência).

Conforme o levantamento, em 2016 foram registradas 831 mortes de homens na faixa-etária de 20 a 59 anos, sendo 236 destas desencadeadas por doenças como hipertensão-arterial, insuficiência venosa e doença vascular periférica, o que representa 28,8% do total registrado.

Acidentes de trânsito, homicídios e outros tipos de violência somaram 300 mortes, ou o equivalente a 36% do total. Os outros 159 casos foram provocados por doenças infecto-parasitárias e do aparelho respiratório.

Para a gerente técnica do Núcleo de Apoio Temático na Atenção à Saúde do Homem da Sesau, Rejane Aparecida Sartor, os índices são preocupantes e só reforçam a necessidade da população masculina procurar os serviços de saúde periodicamente. Ela lembra que todas as unidades de saúde de Campo Grande reforçaram o serviço de orientação durante a semana em alusão ao Dia Nacional do Homem, que será lembrado neste sábado, dia 15 de julho.

“Geralmente os homens procuram os serviços de saúde já quando estão com o problema em estágio avançado, mas é preciso que eles entendam a importância do autocuidado para a prevenção das doenças”, alerta a gerente.

Segundo Rejane, a maioria dos homens tem medo de descobrir doenças ou acham que nunca vão adoecer, por isso não procuram atendimento.

“O problema é que eles (homens), em sua maioria, fazem uso de álcool e cigarro em excesso, não se alimentam adequadamente e não praticam atividade física regularmente. Tudo isso aumenta ainda mais a probabilidade de adquirir doenças como a hipertensão, por exemplo”, disse.

A gerente reforça que é preciso que os homens tenham hábitos saudáveis e visitem regularmente um médico, assim a probabilidade de se adquirir qualquer tipo de doença é bem menor.

 

 

Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/