Alunos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul recebem palestra sobre Reviva

reviva1

Campo Grande, 03/06/2019 às 18:46

A Semana do Meio Ambiente, organizada pela Agência Municipal de Planejamento Urbano (Planurb), levou nesta segunda-feira (3) aos alunos do Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) informações sobre o Programa Reviva Campo Grande.
reviva2A turma ouviu dos palestrantes sobre a origem do projeto de requalificação da área central e de detalhes de cada parte, desde acessibilidade até paisagismo e mobiliário urbano.
O arquiteto Cristiano Oliveira explicou a concepção do projeto, com inspiração em casos nacionais e internacionais;  a ampliação das calçadas, a questão do estacionamento, e a mudança de três para duas pistas de rolamento. “Nós estamos trazendo para esse projeto o conceito de rua calma, onde todos ganham com isso, com mais segurança, priorizando os pedestres”, afirma.
Cristiano ainda alertou quanto ao estacionamento não permitido que vem ocorrendo nos últimos meses, reviva4onde motoristas insistem em parar em local proibido.
Outro palestrante foi o arquiteto Fernando Batiston, da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (Sectur), que explanou sobre o patrimônio cultural existente na Rua 14 de Julho e apresentou uma série de prédios que contam parte da história da principal rua comercial da cidade.
A palestra no Instituto faz parte das ações previstas no Programa  Socioambiental do Reviva Campo Grande, que tem o objetivo de propagar informações a respeito do projeto para toda a sociedade.
Fazendo a referência à Semana do Meio Ambiente, Vinícius Zanardo, do Setor de Educação Ambiental da Planurb, ressaltou que o Reviva Campo Grande vai trazer uma arborização única para a via, proporcionado mais frescor e uma temperatura amena. O projeto prevê o plantio de quase 200 árvores já altas, com mais de cinco metros de altura.
O geógrafo Rafael Bastazini, da Secretaria Municipal de Educação, ressaltou sobre a possibilidade de trabalhar a obra do ponto de vista multidisciplinar nas escolas. Ele apresentou alguns debates possíveis em sala de aula, como por exemplo, a questão do espaço público e do privado.
O bibliotecário Igor Vieira gostou muito da iniciativa de levar o Reviva até o IFMS. “Eu não tinha muito conhecimento sobre o Programa, me interessei muito depois das palestras”, avalia.
Rede Municipal de Sites e Serviços On-line de Campo Grande MS

http://www.campogrande.ms.gov.br/